>
sexta-feira, 19 de agosto de 2022 - 22:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Laboratório de Vassouras chega a 1.201 atendimentos

Laboratório de Vassouras chega a 1.201 atendimentos

Matéria publicada em 1 de julho de 2022, 13:29 horas

 


Maior demanda de atendimentos foi por coleta itinerante em áreas rurais

Vassouras – O Laboratório Municipal de Vassouras atinge a marca de 1.201 procedimentos realizados. A maior demanda ficou por conta da coleta itinerante, realizada nas Unidades de Saúde da Família das áreas rurais, com 779 registros. Relatório revela ainda a grande procura por coletas de amostras sanguíneas para casos suspeitos de dengue e coletas domiciliares, com 89 atendimentos cada uma. Outra grande demanda foi para testes rápidos (anti-HIV, anti-HCV, HBS-Sifílis), com 75 exames.

Para a próxima terça-feira, dia 5, estão sendo ofertadas dez novas vagas para exames, atendendo moradores do bairro Glória, a partir das 7h. Outras 20 vagas estão sendo ofertadas no mesmo dia, para moradores do Andrade Costa, onde as coletas começam às 7h45.

Já na sexta-feira, 8 de julho, será a vez da coleta itinerante ocorrer no Conjunto Habitacional, com dez vagas para atendimentos a partir das 7h. No mesmo dia as coletas ocorrem no Ipiranga, com 15 vagas, a partir das 7h45 e Esquina, com 20 vagas a partir das 8h30. Os atendimentos são realizados de acordo com os encaminhamentos expedidos pelas unidades de saúde.

O Laboratório Municipal, que fica na Praça Cristóvão Corrêa e Castro, 32, Centro, funciona em horários diferenciados, de acordo com as coletas: para CD4/CD8, cargas virais e genotipagem, as coletas ocorrem às segundas-feiras, às 7h; coletas itinerantes, de acordo com o cronograma; coleta para rotina de dengue, de segunda-feira à sexta-feira, das 10h às 14h e demais coletas de segunda-feira à sexta-feira, das 7h às 09h.

 

MAIS

A unidade se destaca ainda por análises específicas que são realizados em parceria com o Laboratório Noel Nutels e Fiocruz, como sorologias para diversas infecções (leptospirose, teste de avidez para toxoplasmose), cultura de escarro e teste de sensibilidade a antibióticos, entre outros.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document