quinta-feira, 9 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Missa relembra seis anos da morte de dom Waldir Calheiros

Missa relembra seis anos da morte de dom Waldir Calheiros

Matéria publicada em 1 de dezembro de 2019, 20:41 horas

 


Missa é celebrada na Igreja Matriz de Santa Cecília com a presença de D. Luiz Henrique, bispo diocesano
(Foto: Redes sociais)

Volta Redonda- Os seis anos de morte do bispo emérito dom Waldyr Calheiros foram lembrados no sábado (30), através da celebração de uma missa na Igreja Matriz de Santa Cecília, em Volta Redonda. O secretário geral do Mep (Movimento Ética na Política), José Maria da Silva, o Zezinho, acredita que celebrar a memória de pessoas como dom Waldyr Calheiros faz muito bem a todos.
– Hoje, seis anos de sua páscoa definitiva, é uma oportunidade a mais para fazermos memória e história, de modo a elevar nosso “estado de ânimo”, olharmos e caminharmos firmes para frente com fé e esperança – disse Zezinho, acrescentando que em 2022, a diocese Volta Redonda-Barra do Piraí completará 100 anos. “Haverá uma próxima e feliz coincidência com a celebração do centenário de vida de dom Waldyr, julho de 2023”, ressaltou.
A Arquidiocese do Rio apontou dom Waldyr como defensor dos pobres e marginalizados, destacando sua atuação como o “Bispo da Juventude”, especialmente durante a ditadura. Segundo a coordenação da Arquidiocese, ele ficou conhecido ainda por seu engajamento nas lutas sociais em favor dos menos favorecidos, como o movimento dos posseiros e o movimento sindical. Jamais negou abrigo e apoio a todos os perseguidos políticos que buscaram sua ajuda.
“Lutou desde sempre pelos direitos dos trabalhadores e de todos os segmentos oprimidos da população brasileira, estendendo o seu apoio também às lutas de outros povos pela liberdade e pelo fim da exploração econômica da força de trabalho”, frisou a arquidiocese.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Dom Valdir foi um Bispo vermelho.Passava a mão na cabeça dos grevistas que quase acabaram com a Usina da CSN. Graças às greves que a CSN foi vendida a preço de banana.Era conhecida como EMPRESA VAGA-LUME.

  2. Avatar

    Lembrança de uma grande perda humana.

Untitled Document