quinta-feira, 13 de maio de 2021 - 03:16 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Moradores de Três Poços, em Volta Redonda, estão sem receber correspondências há quatro anos

Moradores de Três Poços, em Volta Redonda, estão sem receber correspondências há quatro anos

Matéria publicada em 19 de novembro de 2015, 21:57 horas

 


Queixa: Moradores recebem apenas contas de luz e água em casa (Foto: Melissa Carísio)

Queixa: Moradores recebem apenas contas de luz e água em casa (Foto: Melissa Carísio)

Volta Redonda – Desde que se mudaram para o Conjunto Habitacional Três Poços, no bairro Três Poços, há quatro anos, os moradores estão sem receber correspondência do Correios. Após denúncia relatada ao DIÁRIO DO VALE, eles explicaram que o CEP do bairro ainda não foi registrado e que chegam ao local apenas contas da Light e do Saae.
– Mudei para cá faz três anos e as únicas contas que chegam aqui são as de água e luz, porque os entregadores trazem até aqui. Há dois meses, comprei um eletrodoméstico pela primeira vez e reparei que a conta não chegava nunca. Foi quando passei a ficar preocupado – disse o aposentado José Paulo de Lima.
Como explicou a cabeleireira Suelen Silva, praticamente todos os moradores do bairro já fizeram reclamações na prefeitura e também no Fundo Comunitário de Volta Redonda (Furban), autarquia responsável pelas áreas de posse da cidade. Como o local ainda não possui CEP, as contas não chegam às residências.
– Só recebemos a conta da Light porque utilizaram o CEP da rua de cima, e a do Saae porque eles mandam os entregadores trazerem até aqui. Se a gente quiser pagar alguma conta, precisa ir até alguma lan house aqui de Três Poços, ou ir até a loja mesmo, para não pagar multa. Eu já cansei de pagar várias. É um absurdo – disse Suelen Silva, cabeleireira.
A dona de casa Andreia Martins ainda acrescentou que alguns vereadores já estão cientes da situação enfrentada pelos moradores, mas até o momento, nenhuma providência foi tomada.
– Eles dizem que estão correndo atrás, mas nunca se sabe. Sei que o processo é demorado, mas já se passaram quatro anos. O pessoal do Correios vem até a rua de cima e não entra aqui de jeito nenhum! Sei que existe o problema com a documentação, por causa do CEP, mas eles não resolvem nunca – desabafou.

Respostas

Por meio da assessoria de imprensa, a prefeitura de Volta Redonda informou que, durante o processo de construção do Conjunto Habitacional, houve problemas com a documentação a respeito do CEP. O Furban já entrou com processo para resolver o assunto, que está em Brasília para ser homologado. “A demora se deve a toda a burocracia que está envolvida, mas a prefeitura acredita que, até o início de 2016, este problema esteja resolvido”, informou a assessoria.

Por Melissa Carísio

[email protected]


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Tirar segunda via não mata ninguém, ja ganharam a casa, pagar 1 real por uma cópia não é o fim do mundo, sei q tem muitos idosos q nao sabem usar um computador, entao pq nao criar uma caixa postal, até q o cep esteja liberado?!

  2. Avatar

    A falta do cep pode dificultar a entrega das correspondência,mas não impede tem outros fatores; como nome da rua e numero da casa,tendo isto nada impede da correspondência ser entregue,esta faltando boa vontade de alguém nesta empreitada.Verifique isso junto aos Correios.

  3. Avatar

    Brasil, desordem e regresso!

Untitled Document