segunda-feira, 23 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Moradores do bairro São Geraldo temem epidemia de dengue

Moradores do bairro São Geraldo temem epidemia de dengue

Matéria publicada em 7 de abril de 2019, 16:34 horas

 


Outra preocupação da comunidade é com infestação de ratos e escorpiões em terrenos baldios do bairro

Terreno que fica no bairro São Geraldo, em Volta Redonda, está lotado de lixo e pode ter focos do mosquito da dengue (Foto: Pollyanna Moura)

Volta Redonda – Moradores do bairro São Geraldo andam preocupados com a situação de alguns terrenos baldios na localidade. Uma das maiores preocupações no momento é a falta de limpeza de dois terrenos particulares que estão abandonados e o constante descarte irregular de lixo nos lotes. Um fica localizado na Rua Capitão Benedito Lopes Bragança e o outro na Rua Vilagran Cabrita.

Segundo o presidente da associação de moradores do bairro, Fábio Sérgio Silva, no primeiro caso, o lote é de propriedade de uma rede de supermercados e o segundo, de um homem, proprietário de uma residência desativada há muitos anos.

– Entrei em contato com dois gerentes do supermercado e não tive resposta da central de atendimentos deles. Em relação à casa, ninguém consegue conversar com os proprietários. Quando o filho do dono aparece, os vizinhos pedem para ele tomar alguma providência ou pedem permissão para entrar e ao menos limpar o lote, mas ele não autoriza a entrada de ninguém. Nem as equipes da Zoonose quando vêm, conseguem entrar. Estamos muito preocupados com esta situação porque a caixa d’água da casa está aberta, o telhado está quebrado e no terreno tem muito mato e lixo – disse.

Fábio diz que a prefeitura poderia intervir de algum modo.

– Gostaríamos de pedir ajuda de alguém da prefeitura para entrar em contato com o proprietário, conseguir autorização para alguma equipe da Zoonose entrar e fazer um trabalho de limpeza no terreno. No caso do lote do supermercado, a mesma coisa. Alguma coisa tem que ser feita. Precisam limpar -, finaliza.

Segundo outra moradora da localidade, uma das maiores preocupações da população é, além dos casos de dengue, a infestação de escorpiões e ratos nos terrenos.

– Estes terrenos estão fechados há muito tempo. A gente fica com medo. Fui diagnosticada com dengue há pouco tempo e tenho certeza que é por causa desse lote abandonado ao lado da minha casa. Além de ter medo de ter Dengue, a gente tem medo de surgir em nossas casas outros bichos, como escorpião e ratos. Tem muito mato e muito lixo aí dentro -, disse.

Segundo uma funcionária da rede de supermercados, a empresa faz limpeza no terreno regularmente. Ela ressalta que contrataram uma pessoa para limpar o terreno e acredita que até o final desta semana, o trabalho será realizado.

– Já fizemos contato com uma pessoa para fazer a limpeza, mas é necessário que a população colabore. O terreno é muito grande e sempre encontramos pneus e lixo toda vez que enviamos alguém para fazer a limpeza -, disse.

A secretaria de Meio Ambiente de Volta Redonda, em nota, informou que enviará uma equipe aos locais mencionados para notificar os proprietários para que os mesmos realizem a limpeza dos terrenos. Caso isso não aconteça, os proprietários serão multados.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document