quarta-feira, 8 de dezembro de 2021 - 09:15 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Motoristas ainda têm dificuldade para lembrar de ligar farol baixo

Motoristas ainda têm dificuldade para lembrar de ligar farol baixo

Matéria publicada em 31 de julho de 2016, 15:06 horas

 


Objetivo da legislação é aumentar a segurança nas estradas (foto: Fotos Públicas)

Objetivo da legislação é aumentar a segurança nas estradas (foto: Fotos Públicas)

Sul Fluminense – Lembrar de acender o farol baixo durante o dia tem exigido certo esforço de quem trafega por rodovias estaduais e federais. Na primeira semana de vigência da lei que obriga os veículos a circular com o farol baixo aceso em estradas federais durante o dia, 15 mil motoristas foram autuados por descumprirem a norma implantada no dia 8 de julho. Alguns motoristas têm apelado para lembretes até mesmo criativos que, inclusive, chegaram a “viralizar” nas redes sociais e aplicativos de troca de mensagens. Para acostumar com a nova regra, a estratégia principal tem sido pensar no preço a pagar pelo descumprimento.

A infração de nível médio acarreta em multa no valor de R$ 85,13, além de quatro pontos na carteira de motorista. E, para não ter essa experiência desagradável, a psicóloga Mirela Carvalho, de 26 anos, adotou o costume de colocar o celular para despertar dez minutos após o horário que sai de casa normalmente. A moradora de Volta Redonda vai todos os dias para Resende, por volta das 7h, passando pela Rodovia Presidente Dutra, a BR-116. Mirela reconhece que a medida visa reforçar a segurança nas estradas, pois se assusta com o número de acidentes em pontos mais perigosos das rodovias, como a Serra das Araras, também na Dutra, em Piraí. A motorista, no entanto, lamenta a falta de alerta nos trechos.

– Eu tenho me desdobrado para não esquecer de ligar o farol. Tem gente usando ele aceso em qualquer lugar para não esquecer, mas estou tentando me acostumar. Na primeira semana, cheguei até a adesivar um papel no volante escrito ‘ligue o farol’ – contou, rindo. E completou: “Mas acho que como é algo ainda muito recente, que não deu tempo para todo mundo se acostumar, deveriam ter colocado umas placas até a gente se habituar. Principalmente se isso foi implantado pensando na segurança e não em punir, não é?!”, observou.

O objetivo da legislação é aumentar a segurança nas estradas e contribuir para a redução de acidentes frontais. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), estudos mostram que a presença de luzes acesas reduz entre 5% e 10% o número de colisões entre veículos durante o dia. O uso de faróis durante o dia permite que o veículo seja visualizado a uma distância de três quilômetros por quem trafega em sentido contrário, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal.

Na região Sul Fluminense, algumas das estradas onde devem ser utilizados os faróis baixos acesos durante o dia são a BR-116 – Rodovia Presidente Dutra, que passa pelos municípios entre o Rio e São Paulo; a BR-393 – Rodovia Lúcio Meira, em Barra Mansa, Barra do Piraí e Volta Redonda, além de outros municípios; a RJ-145 que possui trechos em Passa Três, distrito de Rio Claro, Piraí, Barra do Piraí e Valença; a RJ-141 que liga os municípios de Piraí e Barra do Piraí, com passagem em Pinheiral; a RJ-157 que liga Barra Mansa até a divisa com o estado de São Paulo; a BR-494 que corta Barra Mansa e Volta Redonda até chegar a Minas Gerais.

A maioria das colisões frontais é causada pela não percepção do outro veículo por parte do motorista a tempo de reagir para evitar o acidente ou pelo julgamento errado da distância e velocidade do veículo que trafega na direção contrária em casos de ultrapassagem. Segundo especialistas de trânsito, o farol baixo aceso durante o dia faz com que a atenção seja redobrada e, portanto, auxilia na segurança em estradas com trechos perigosos e intenso fluxo de veículos, como é o caso das rodovias estaduais e federais.

– Se eu vejo luz, isso me chama atenção. Isso é um sinal importante, sinal cognitivo importante para que eu tome cuidado, que eu tenha atenção, concentração, raciocínio em função daquilo que eu estou vendo. Então, eu acho que é uma das maneiras que nós precisamos usar para nós reduzirmos os nossos acidentes – explicou o diretor de Comunicação da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, Dirceu Rodrigues Alves Júnior.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

19 comentários

  1. O farol ligado chama a atenção do condutor. Isso é fato!

  2. Em VR é fácil ver motorista que não lê jornais. É só ver os faróis acesos.

  3. Esses devem ser petistas ou simpatizantes de bandeiras vermelhas. Não lembraram que tinham votando no Temer, vice da Dilma.

    Se eles esquecem do vice, vão lembrar de acender faróis em rodovias, mesmo dentro de cidades?

    BR 393 é rodovia federal, só para lembrar.

  4. PURA BABAQUIÇE, É UMA FORMA DE EXTOQUIR DINHEIRO DO CONTRIBUINTE, PALHAÇADA EM PLENO
    SÉCULO 21. É UMA IDIOTIÇE PURA, DIZER QUE É PARA DIMINUIR OS ACIDENTES EM ESTRADAS, POIS
    VÃO CONTINUAR ACONTECENDO ACIDENTES COM OU SEM FÁROL ACESO. POIS O BRASIL É UMA DAS
    MALHAS VIÁRIAS MAIS EXTENÇAS DO MUNDO, PODEM APOSTAR, TÁ MAIS PRÁ FOGO DE PALHA.

  5. PALHACADA E MAIS UM GOLPE PARA ARRECADAR DINHEIRO DE UM POVO TRABALHADOR E SOFRIDO, LEMBRAM DA CAIXINHA DE PRIMEIROS SOCORROS , DO EXTINTOR E MAIS ALGUSN GOLPES QUE JA TIVEMOS, ESTE GOVERNO CORRUPTO DEVERIA ARRUMAR AS RODOVIAS E PARA DE ROUBAR DINHEIRO COM ESTES GOLPES BAIXO E MULTAS .

  6. Não existe e nunca existiu melhoria de segurança em trafegar com os faróis acesos durante o dia. Essa foi” outra” grande mentira inventada pra abastecer os cofres públicos com nosso suado dinheiro. Existe uma grande margem de erro na leitura de velocidade dos radares móveis. Com os faróis acesos durante o dia aumenta quase 50℅ o acerto, pois os faróis servem de ponto de referência para os radares. Só isso é nada mais. Em qual país do mundo existe essa norma de segurança?

  7. Para quem quiser vai uma dica, de como resolver esse problema, só ir em um eletricista automotivo e pedir pra ligar o negativo do farol baixo com o do contato, pós chave.
    Assim quando Ligar o carro ou virar a chave o farol irá acender.
    Pois é o mesmo esquema dos carros novos com faróis automático, pois eles tem algo a mais.

  8. Essa BR 494 passa em qual lugar aqui em VR?

  9. A rodovia dos trabalhadores é municipal, certo? Não é necessário acender os faróis!

  10. E TEM UM MONTE DE BABACAS QUE ANDAM COM OS FARÓIS DO CARRO ACESOS DENTRO DA CIDADE. OS BURROS NÃO SABEM DISTINGUIR RODOVIAS DE RUAS E AVENIDAS????? KKKKKKKKKKK FARÓIS ACESOS DURANTE O DIA – COISA DE BUNDÃO QUE INVENTOU ESSA – É SÓ EM RODOVIAS ESTADUAIS E/OU FEDERAIS. DENTRO DA CIDADE NÃO EXISTE ESSA BABAQUICE. OK?

    • Amigo o carro e de quem, e seu ou não estão você não tem o que reclamar mts carros hj novos já sai com o farol baixo automático de fábrica, vc com seu fusca, não sabe disso.
      Então cuida do que é seu e deixa os outros.

    • Em VR há rodovias dentro do perímetro urbano, centro da cidade inclusive, então eu recomendo vc trocar o “babaca” por “precavido”, sob pena de vc sim se parecer com um. Afinal, não se lembra de ligar o farol a cada esquina e a multa não relativiza…

    • Voce foi muito infeliz no seu comentário, e deve ser mais na sociedade q se acha o tal, o espertalhão. Então, nao comente pq sua opiniao nao acrescenta em nada!

  11. COISA DE QUEM NÃO TEM O QUE FAZER ,OS MESMO QUE INVENTARAM ISSO , QUERO VER VIM EM REDE NACIONAL E APRESENTAR DADOS CONCRETOS QUE DIMINUÍRAM OS ACIDENTES , TRISTE É SABER QUE SOMOS NÓS TRABALHADORES QUE PAGAM ESSAS PESSOAS PRA FICAR INVENTANDO RODAS QUADRADAS.KKKK

  12. Palhaçada e falta do que fazer para implementar essa lei, tanta coisa importante para aprovar e governo autoriza uma lei dessas, se o cara não conseguir ver um carro de dia, pode entregar a carteira pois é cego.

Untitled Document