>
sexta-feira, 24 de junho de 2022 - 13:46 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Mulher reclama de atendimento na UPA de Volta Redonda

Mulher reclama de atendimento na UPA de Volta Redonda

Matéria publicada em 13 de outubro de 2015, 21:05 horas

 


Ela entrou em contato com o DIÁRIO DO VALE, através do WhatsApp, e disse que unidade não tem pediatras

UPA Santo Agostinho: Paciente reclamou de demora no atendimento e sobre a falta de pediatras (Foto: Melissa Carísio)

UPA Santo Agostinho: Paciente reclamou de demora no atendimento e sobre a falta de pediatras (Foto: Melissa Carísio)

Volta Redonda – Uma mulher entrou em contato com o DIÁRIO DO VALE, através do WhatsApp, para reclamar do atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Santo Agostinho, em Volta Redonda. Segundo ela, que preferiu não se identificar, o local está sem médicos pediatras e as crianças daquela região precisam ir para outros lugares para serem atendidas. Além disso, ela criticou a postura de alguns profissionais.

A mulher contou que ao invés da recepcionista atender quem chega à unidade, um segurança estava fazendo esse serviço, enquanto a profissional que seria responsável por esse trabalho conversava ao telefone celular.
– A UPA do Santo Agostinho está uma vergonha. Nós esperamos muito tempo para consultarmos, porque em vez da recepcionista atender e fazer a ficha do paciente, eles colocaram o segurança para fazer (o serviço), sendo que esse não é o trabalho dele. Essa recepcionista ficou um tempão no telefone de conversinha e o local estava cheio de gente para ser atendida. Fora a ignorância com que ela trata a gente – reclamou, lembrando que essa atitude reflete na demora no atendimento.

Direção da UPA vai apurar reclamações

O DIÁRIO DO VALE entrou em contato com o coordenador administrativo da UPA do Santo Agostinho, Francisco Farias, para ter uma resposta às acusações da mulher. Sobre a falta de pediatras, Farias explicou que atualmente a unidade conta apenas com duas especialidades, a de clínico e odontologia.
– Quem define a especialidade da unidade é a Secretaria de Saúde do Governo (do Estado), nós não podemos fazer nada em relação a isso. As pessoas que precisarem de atendimento pediátrico poderão procurar o Cais Aterrado, o Hospital São João Batista e o Hospital Municipal Dr. Munir Rafful. O nosso quadro está completo. Conseguimos fazer cerca de 170 atendimentos por dia, fora as suturas – esclareceu.
Já sobre a demora nos atendimentos, Farias disse que a UPA trabalha com um sistema de triagem. E quando um paciente chega até o local, é feita uma ficha cadastral com todos os dados, inclusive com os sintomas e a avaliação médica inicial. Depois disso, a pessoa é atendida de acordo com o nível de gravidade do caso.
– Eu tenho plano de saúde e em média espero uma hora e meia para ser atendido. O sistema público de saúde não está diferente. O atendimento aqui demora aproximadamente 50 minutos, a não ser que cheguem outras pessoas com classificação de prioridade. Por exemplo, trabalhamos com um sistema de triagem. Se uma paciente está com uma pulseira azul e chega outra pessoa, que recebe uma pulseira amarela, ele vai ter que esperar, não adianta. Cada caso é um caso. O sistema de saúde de Volta Redonda é um dos melhores da região – afirmou o coordenador.
Sobre a denúncia dos desvios de função da recepcionista e do segurança, Farias disse que vai averiguar o caso e tomar as medidas cabíveis.
– O nosso quadro de recepcionistas também está completo. Trabalhamos com três, duas que atendem durante o dia e uma que fica de plantão à noite. Nós possuímos um sistema de câmeras de circuito interno, então iremos averiguar a situação e tomaremos as devidas providências. O importante é ser transparente – encerrou.

Por Melissa Carísio
[email protected]


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Se a saúde em volta é tão boa por que ele tem plano de saúde vai pra fila do sus igual a maioria da população que depende de hospital público

  2. A saúde de Volta Redonda na verdade é uma vergonha…. O Prefeito adora investir em pracinhas e outras frescuras mais. A Saúde está abandonada…. Postinhos sem médicos, sem medicamentos….. falta material…

  3. A então o responsável da UPA tem plano de saúde…. Safadeeenho.

  4. Com relação ao desvio de função também presenciei esse mesmo fato quando estive na UPA do santo agostinho há um mês atrás. O atendimento até que foi rápido com o medico mas quando foi para a medicação tinha 9 pessoas para uma enfermeira. Ela não estava dando conta. Muita demora.40 min para ser medicada. Perguntei si iria precisar morrer pra ser medicada. Um absurdo.

Untitled Document