terça-feira, 19 de outubro de 2021 - 08:18 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Nova unidade de Saúde no bairro Belo Horizonte fica pronta em 90 dias

Nova unidade de Saúde no bairro Belo Horizonte fica pronta em 90 dias

Matéria publicada em 18 de abril de 2016, 16:36 horas

 


Prefeitura garante ter investido cerca de R$ 739 mil nas obras e instalações

No ritmo: Prefeitura espera concluir obras em 90 dias (Foto: Divulgação)

No ritmo: Prefeitura espera concluir obras em 90 dias (Foto: Divulgação)

Volta Redonda – Os moradores do bairro Belo Horizonte receberão até o final de agosto de 2016 as obras de construção da nova Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do bairro, que deve atender cerca de 6 mil moradores daquela área. De acordo com a direção do Fundo Comunitário de Volta Redonda (Furban), que fiscaliza a obra, o investimento é de R$ 739.769,79, e a área construída de 453,42 m2, com projeto feito pelo IPPU-VR (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Volta Redonda).

A nova unidade fica localizada na Avenida Pau D’Alho, nº 311, atrás na UBSF Edith Rodrigues de Souza – antiga unidade de Saúde do bairro – que será desativada com a inauguração da nova UBSF.

“Sem dúvida alguma, a nova unidade, com mais espaço, ar condicionado, Internet, instalações mais modernas, vai permitir que os moradores que são usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) possam ter um atendimento de mais qualidade”, afirmou a enfermeira e gerente da UBSF Edith Rodrigues, Tânia Lúcia.

A gerente afirmou que todas as atividades e serviços médicos serão transferidos para a nova unidade, como marcação de consultas, campanhas de vacinação, consultas com ginecologistas, pediatras e de outras especialidades médicas, grupo de educação e saúde, planejamento familiar, agendamento de visitas domiciliares, entre outros. Os portadores de deficiências físicas terão um espaço único na recepção, com um balcão baixo, favorecendo a acessibilidade no atendimento.

A unidade terá dois pavimentos: no primeiro estão os serviços médicos, como consultórios com especialidades médicas, dispensa de medicamentos, banheiros com acessibilidade. No segundo pavimento estão a parte administrativa, almoxarifado, copa, vestiário, banheiros, salas para a esterilização e desinfecção, além de um pequeno auditório para palestras contra a dengue, reunião de grupos de trabalho, programa de educação e saúde, etc.

AS OBRAS

O engenheiro civil responsável, Heitor Augusto da Trindad Alves, afirmou que 80% da obra está pronta, e o prazo de 90 deve ser cumprido.

“O que está faltando agora é o acabamento, revestimento do piso, e instalação das janelas. Vamos fazer um muro de 40 cm de altura e em toda a sua extensão serão usados vidros temperados, de 10 mm, que são resistentes e atendem à rapidez dos trabalhos”, explicou o engenheiro.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document