domingo, 17 de outubro de 2021 - 10:44 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Orquestra Sinfônica Juvenil de Barra Mansa fará apresentações em asilos

Orquestra Sinfônica Juvenil de Barra Mansa fará apresentações em asilos

Matéria publicada em 3 de agosto de 2016, 21:10 horas

 


Concertos sociais: Jovens músicos deram início ao projeto no Asilo Vila Vicentina, que fica no Ano Bom (Foto: Divulgação)

Concertos sociais: Jovens músicos deram início ao projeto no Asilo Vila Vicentina, que fica no Ano Bom (Foto: Divulgação)

Barra Mansa – A Orquestra Sinfônica de Barra Mansa Juvenil deu início no último dia 23, a uma série de concertos sociais em asilos da cidade. A primeira apresentação aconteceu no Asilo Vila Vicentina, no bairro Ano Bom, onde a música mudou a rotina dos idosos residentes.
Com muita música popular, trilhas de cinema e música clássica, a OSBM Juvenil realizou uma verdadeira viagem musical, que emocionou os presentes. Além da OSBM Juvenil, o Asilo Vila Vicentina recebeu a visita do Doutoraço do Riso. Os personagens do Doutoraço interagiram com os idosos, em cenas e danças, que animaram ainda mais aquele dia fora do comum no Vila Vicentina.
Para o maestro da OSBM Juvenil, Werley Nicolau, os concertos nos asilos serão experiências únicas para os músicos.
– Antes do concerto no Asilo Vila Vicentina, conversei com todos os músicos sobre a necessidade de dar atenção e carinho aos idosos. Não é apenas uma apresentação musical, é um momento de troca entre todos os envolvidos. Aliás, a apresentação no asilo foi melhor do que tocar na melhor sala de concerto. Com certeza estávamos com a melhor plateia do mundo. Foi muito divertido – afirmou Werley ao final do concerto.
A experiência de troca entre músicos tão jovens e idosos marcou a todos. A violinista Marina de Jesus disse ter sido um dia inesquecível.
– Aprendi que o amor está nos pequenos gestos, um abraço, uma palavra, um beijo. Nunca vou me esquecer deste concerto – disse Marina.
Uma frase, dita por uma das asiladas, sintetizou o sentimento dos idosos da Vila Vicentina, ao receberem carinho e atenção “A gente quer carinho. Não queremos desprezo não”.
A ideia para realização dos concertos surgiu em um conversa durante os ensaios da OSBM Juvenil. A flautista Gilcemara Gama propôs aos demais músicos se apresentarem para os idosos. Gilcemara é integrante do grupo Laços de Amor, que realiza visitas e doações aos asilos de Barra Mansa. O convite foi prontamente aceito pelos jovens músicos, que têm em média 17 anos. Inicialmente, as apresentações serão mensais, em asilos diferentes a cada mês.

A arte de educar através da música

A versão jovem da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa é composta por alunos e músicos do Projeto Música nas Escolas, regidos pelo maestro Werley Nicolau, também oriundo do projeto. A orquestra surgiu da necessidade de desenvolver um trabalho intenso com os alunos, a fim de prepará-los para assumir um instrumento na OSBM.
Um dos mais importantes modelos de educação musical no país, o Projeto Música nas Escolas de Barra Mansa atende a todas as escolas públicas municipais da cidade, com processo de educação musical, que inicia na educação infantil e se estende a todas as séries.
Desde o início, o projeto é mantido pela Prefeitura de Barra Mansa, numa ação conjunta da Secretaria Municipal de Educação e da Fundação de Cultura. A gestão administrativa é feita pela Associação da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa. Além disso, o projeto é patrocinado pela Saint-Gobain, Votorantim, Instituto CCR e CCR NovaDutra e White Martins, através da Lei de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. Também patrocinam o Projeto, a Light, o Governo do Rio de Janeiro, a Secretaria de Estado de Cultura e a Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document