domingo, 21 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Palestra reforça prevenção contra hepatites virais em Barra Mansa

Palestra reforça prevenção contra hepatites virais em Barra Mansa

Matéria publicada em 10 de julho de 2019, 20:07 horas

 


Hepatologista destaca a importância do diagnóstico precoce da doença na campanha ‘Julho Amarelo’

Barra Mansa- A secretaria de Saúde disponibilizou na manhã desta quarta-feira (10), uma palestra sobre Hepatites Virais na Santa Casa de Misericórdia, no Centro de Barra Mansa. Cerca de 50 profissionais entre enfermeiros e médicos participaram do evento que faz parte da agenda do “Julho Amarelo”, mês que combate as hepatites virais. A palestra abordou a importância do diagnóstico precoce, meios de diagnóstico, importância da realização dos testes rápidos para a triagem e formas de transmissão da doença. O palestrante, médico especializado em hepatologia, Hugo Ricardo Amaral da Silveira, enfatizou sobre como é fundamental o trabalho da campanha de prevenção de doenças.
– Os profissionais de saúde precisam dessa visão da importância dos testes rápidos, o diagnóstico precoce é fundamental para o tratamento e solução do problema. A campanha Julho Amarelo é necessária para esse controle, que aqui no Brasil é razoável, mas pode ser melhorado. Barra Mansa tem feito um excelente trabalho e palestras como essa são para avançar no tratamento das hepatites virais – afirmou o médico.
A coordenadora do programa de IST/AIDS e Hepatites Virais, Renata Martins de Freitas Rena, avaliou a palestra como fundamental para os profissionais se atualizarem e buscarem conhecimento na causa.
– Acho importante para a reciclagem destes profissionais, fomentar a importância da realização dos testes rápidos, são doenças silenciosas, temos que educar os pacientes sobre a importância do diagnóstico para o tratamento – ressaltou Renata.

Diagnóstico rápido

Os testes rápidos continuam disponíveis em todas as unidades de saúde básica do município e o resultado fica pronto em cerca de 10 minutos. Se positivo, o paciente é encaminhado para o setor responsável e inicia o tratamento.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document