terça-feira, 12 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Pátio perto de linha férrea teria virado ponto de usuários de drogas, em Barra Mansa

Pátio perto de linha férrea teria virado ponto de usuários de drogas, em Barra Mansa

Matéria publicada em 12 de abril de 2015, 17:08 horas

 


 Barra Mansa –

Moradores e pedestres dos bairros Roberto Silveira e Várzea do Quartel estão preocupados com a presença de usuários de drogas numa área do pátio da Ferrovia Centro Atlântica (FCA), onde funcionou uma oficina de trens. Segundo moradores, no local, que tem dois galpões, os viciados estão tendo acesso através de um muro, que teve uma parte foi depredada. De acordo com uma dona de casa, a situação tem passado sensação de insegurança.

– Muita gente aqui do bairro já viu pessoas estranhas, que não são funcionários da rede ferroviária entrando nessa área para usar drogas. Isso acontece, inclusive, durante o dia, quando têm funcionários em serviço. Além de ser um risco para os moradores, pois não sabemos as condições de alucinação dessas pessoas, é uma situação que também se torna perigosa para os trabalhadores, que acabam ficando expostos – observou a dona de casa.

Outro morador, que preferiu não se identificar, disse que o problema se torna ainda pior durante à noite, quando  a entrada e saída de pessoas do local é mais intensa. De acordo com ele, aparentemente são usuários de crack e maconha. Ele, que faz caminhada com a esposa todas as noites e corta caminho pela Rua Roberto Silveira, para chegar até em casa, disse tem medo é de ser vítima de um assalto.

– A empresa precisa tomar providências e fechar o muro porque ficamos com receio de passar pela rua e sermos abordados por alguma dessas pessoas. – ressaltou.

Em nota enviada pela assessoria de comunicação, a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) informou que uma equipe de segurança patrimonial da empresa realiza rondas ao longo do dia no pátio, localizado em Barra Mansa, visando coibir a presença de indivíduos que não tenham autorização para acessar a área. “Uma parte do muro existente no local foi danificada em atos de depredação”, confirma um trecho da nota. A companhia, informou ainda pela nota, que acionou a Polícia Militar sobre o caso e irá vedar a estrutura até o fim do próximo mês.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar
    BARRAMANSUÍNO assumido

    Passa amanhã pela manhã que na linha em frente à prefeitura vai ter usuários e vendedores da droga. Vergonha de ter barra mansa no sangue

Untitled Document