Peça sobre a Paixão de Cristo emociona público em Angra

Espetáculo “A Vida e Paixão de Cristo” do Grupo Teatral Cia da Lua reuniu centenas de pessoas no Cais de Santa Luzia

by Agatha Amorim

Foto: Divulgação

Angra – Na noite deste Sábado de Aleluia, 30 de março, os moradores e turistas de Angra dos Reis foram agraciados com a emocionante apresentação do espetáculo “A Vida e Paixão de Cristo”, encenado pelo Grupo Teatral Cia da Lua, no Cais de Santa Luzia. A peça atraiu centenas de espectadores, que se reuniram para testemunhar a representação dos eventos que levaram a crucificação de Jesus Cristo.

O elenco da peça foi composto por atores locais e já conhecidos do público angrense. Ao todo, estavam em cena cerca de 80 atores, além de profissionais de produção. Os atores locais deram vida aos personagens bíblicos com muita emoção e dedicação. Desde o arrebatador discurso de Jesus, no Monte das Oliveiras, até o doloroso momento da crucificação, cada cena tocou os corações da plateia.

Para muitos espectadores, a apresentação da Paixão de Cristo, no Cais de Santa Luzia, foi mais do que apenas uma peça teatral; foi uma experiência que trouxe à memória o significado mais profundo da Páscoa.

– Fiquei encantada e emocionada com a peça. Eu vim com minha família assistir à apresentação, mas não imaginávamos que seria tão linda. Todos os atores estão de parabéns, conseguiram encenar e mostrar esse momento tão importante da história de Jesus Cristo – comentou a moradora do Frade, Ana Luiza Moreira.

O enredo da peça teve a criação e direção do renomado Zequinha Miguel, com contribuição da Cia. da Lua e com fortes influências na cultura local, com músicas das pastorinhas e elementos da festa do divino e da tradicional procissão dos passos. O público ficou encantado com a história mais universal da cultura cristã contada de uma forma regional, tornando a apresentação única e peculiar, o que a diferencia de qualquer outra encenada.

– O espetáculo foi todo patrocinado pela Prefeitura, o que para nós do governo é um orgulho, porque é uma peça com mais de 80 artistas envolvidos e todos de Angra dos Reis. É a valorização da cultura angrense que pode ser acompanhado por um grande público presente no Cais de Santa Luzia – reforçou o secretário de Cultura e Patrimônio, Andrei Lara.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996