quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 19:02 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Piraí inaugura consultório e lança programa de castração de animais

Piraí inaugura consultório e lança programa de castração de animais

Matéria publicada em 24 de dezembro de 2015, 11:00 horas

 


castracao

Aos animais: Consultório veterinário fica na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, no Centro (Foto: Divulgação PMP)

Piraí – A prefeitura inaugurou nesta semana um consultório veterinário municipal e junto dele lançou um programa de castração de cães e gatos. O objetivo principal da medida é o controle da população de animais de rua no município. A cerimônia de inauguração aconteceu na Secretaria de Agricultura.
A secretária de Agricultura, Carla de Cali, afirmou que a prioridade na fase inicial do projeto será atender a demanda dos cuidadores de animais, que fazem voluntariamente o trabalho de resgate, abrigo e adoção de cães e gatos abandonados nas ruas.
– Para que o projeto funcione precisamos dessa parceria com as pessoas ou organizações que amam e zelam pela vida dos animais. A prefeitura não fará a internação, quem trouxer o bichinho, mesmo sendo de rua, terão de se comprometer a cuidar e ministrar a alimentação e os medicamentos necessários, durante o período indicado pelo veterinário, antes e após a cirurgia – explicou Carla de Carli.
A secretária disse que a castração tem um impacto imediato sobre os animais de rua, pois além de inibir a procriação afeta também a saúde e a agressividade, minimizando problemas com ataques e doenças.
– A expectativa inicial é que sejam realizadas em torno de 80 procedimentos mensais. Nesta primeira etapa priorizaremos a castração de machos e fêmeas em situação de risco. Posteriormente atenderemos às demais demandas – relatou Carla de Carli.
O prefeito Dr. Luiz Antonio afirmou que o projeto é um primeiro passo na busca para solucionar essa reivindicação antiga da população, ressaltando que a sanidade dos animais, interfere na qualidade de vida das pessoas.
– A prefeitura, hoje, não tem como criar um abrigo de animais, devido aos custos e a pouca efetividade. Na maioria dos casos, esses abrigos acabam se transformando em depósitos e não conseguem cumprir sua função. Esperamos que com a parceria da sociedade encontremos uma forma mais eficiente de lidar com o abandono de cães e gatos, facilitando a adoção desses animais por pessoas que possam lhes dar um verdadeiro lar – disse Dr. Luiz Antonio.
O vereador licenciado, hoje secretário de Cultura do município, Eco Staccato, autor da Lei 1221/2015, que dispõe sobre a implantação do programa de castração de cães e gatos, afirmou satisfação pela concretização do projeto e que o mesmo proporcionará mais tranquilidade nas ruas.
– Qual o motivo para termos animais nas ruas? Em algum momento esses bichos tiveram um dono. Na maioria das vezes percebemos que eles foram abandonados pouco antes de nascerem pois a pessoa responsável não tem condições de cuidar de outros animais. Em outros casos, eles nascem na rua mesmo. O projeto vai ajudar muito nessas duas situações e tenho certeza que em pouco tempo poderemos perceber os resultados desse trabalho – afirmou Eco Staccato.
Vera Lucia Correia Alves e sua irmã Maristela, moradoras do centro em Piraí, há 30 anos cuidam de cães e gatos abandonados e buscando novos lares para eles, afirmaram que o projeto irá ajudar muito a todos que cuidam de animais abandonados.
– Uma castração, dependendo do sexo e espécie, pode chegar a R$ 300. O que a gente economizar com o procedimento poderá ser aplicado na melhoria da alimentação e da qualidade do ambiente onde cuidamos deles. É bom ressaltar que é muito mais fácil conseguir a adoção se o bicho estiver castrado – explicou Vera Lúcia.

Como proceder

As pessoas que tiverem animais para serem castrados, primeiro devem fazer contato com Secretaria Municipal de Agricultura, no telefone (24) 2431-2968 e agendar o primeiro atendimento, que acontecerá na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, localizada na Avenida Guadalajara, 125, centro, onde serão passadas as informações necessárias para a realização do procedimento.
Durante o primeiro atendimento, será marcada a data para a cirurgia e fornecido um termo de autorização para a castração e um termo de posse responsável, onde a pessoa se responsabilizará pela preparação do cão ou gato para castração, fornecendo a alimentação, medicamentos e acomodações adequadas antes e após o procedimento.
Na data e hora marcadas o animal deverá ser encaminhado ao consultório veterinário da Secretaria de Agricultura e após os procedimentos, e decorrido o período de observação, deverá ser levado pela pessoa responsável.
A Secretaria de Agricultura não fará internações de quaisquer animais. O trato e cuidados antes e após o procedimento será de inteira responsabilidade da pessoa que o encaminhar.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Podiam castrar homens…

  2. Maria do Carmo de almeida

    Parabéns à prefeitura de Piraí por essa iniciativa, principalmente por ser no centro da cidade. Em volta redonda existe o serviço , mas é extremamente longe do centro , de difícil acesso às pessoas de baixa renda, possibilitando apenas a quem tem carro usufruir do mesmo. Porque não trazê-lo para a ilha são joão?

  3. Ótima ação! Não deixa os animais sofrendo nem criar em excesso e serem depois abandonados nas ruas.

Untitled Document