sábado, 4 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Plantio de mudas fortalece atividade terapêutica no Centro de Lazer em Barra Mansa

Plantio de mudas fortalece atividade terapêutica no Centro de Lazer em Barra Mansa

Matéria publicada em 5 de junho de 2020, 19:30 horas

 


Projeto visa o resgate da cidadania da população em situação de rua em Barra Mansa
(Foto: Paulo Dimas)

Barra Mansa- Os moradores em situação de rua, abrigados no Centro de Lazer Feliz da Vida, estão tendo acesso a atividades voltadas ao resgate da cidadania através das Secretarias de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e de Assistência Social e Direitos Humanos.
Durante toda essa semana, eles tiveram a oportunidade de fazer o plantio de espécies da Mata Atlântica, em localidades diferentes do município. Nesta sexta-feira, dia 05, o plantio foi realizado no entorno da quadra esportiva do Parque Independência. A atividade foi proposta como função terapêutica e de bem-estar físico e mental.
Para um dos abrigados, identificado aqui apenas com as iniciais, P.A, toda a experiência que vem sendo realizada, através da prefeitura, por meio do Projeto Renascer, tem sido etapas importantes para uma efetiva mudança de vida.
– Estamos recebendo apoio, orientações e atividades que busca nos capacitar para o mercado de trabalho. Ninguém vai morar na rua por que quer. São fatores, que na maioria das vezes, fogem do nosso controle. Como, por exemplo, o abuso de drogas. Essas mudas que plantamos, vão crescer e melhorar a qualidade do ar. Ao mesmo tempo, a gente em contato direto com a terra, consegue estabelecer um elo com o planeta e começa a enxergar novas perspectivas de vida – destacou.
A gerente de Proteção Especial, da Secretaria de Assistência Social, Edilene Moreira, e a coordenadora do Centro POP, Raquel Ferreira Oliveira Alves, disseram que o plantio pode ter efeito antidepressivo e relaxante.
– No momento em que mexe na terra, a pessoa está canalizando sua atenção para algo que dá prazer. É um momento que também possibilitar o exercício de responsabilidade com a vida, já que plantar exige a paciência para esperar a germinação, o florescimento e, ainda de entender que nem sempre haverá sucesso ao cultivar o solo. É um reaprendizado de vida – disse.
Para o secretário municipal de Meio Ambiente, Vinícius Azevedo, a experiência desenvolvida com os abrigados tem sido muito positiva.
– Além do plantio, eles estão recebendo, especificamente da nossa Pasta, um curso rápido sobre artes com pneus. É um aprendizado de mão dupla, pois eles também têm muito a nos ensinar. São lições de vida e isso é importante demais – disse.
O plantio, segundo o gerente de Reflorestamento, Ricardo Turbay, foi realizado nos bairros Roberto Silveira, Moinho de Vento, Nova Esperança e Parque Independência.
– Em uma semana, plantamos cerca de 150 mudas de tarumã, ypês amarelos e brancos, que são cultivadas no Horto Municipal Carlos Roberto Firmino. O projeto terá prosseguimento e nossa meta é reflorestar áreas ambientalmente degradadas do município, possibilitando a redução dos índices de erosão do Rio Barra Mansa e contenção de encostas – concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document