terça-feira, 20 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Porto Real é pioneira em projeto que leva matemática desde o berçário através da música

Porto Real é pioneira em projeto que leva matemática desde o berçário através da música

Matéria publicada em 6 de abril de 2019, 13:33 horas

 


‘Pensando na Frente’ atende crianças desde o Berçário até o Maternal III (Foto: Alexandre AJ)

Porto Real – “Foi uma oportunidade muito rica poder interagir com minha filha através da música e ainda aprender a relação da matemática com as experiências do dia a dia. Não pude conter a emoção que foi sentir todo o afeto, o abraço e ouvir que sou a melhor amiga dela”, declarou Hosana Gastão, mãe de Vitória Gastão, 3 anos, estudante do Maternal III, da Creche Waldir Roberto da Conceição.

Ela e os familiares dos estudantes da Creche estiveram na quinta-feira (04), no Horto Municipal, em um momento de interação, como parte do “Pensando na Frente”, um dos diversos projetos que compõem o programa Daqui Pra Frente, que possui atividades e serviços voltados à formação profissional, acadêmica, orientação vocacional e ao empreendedorismo. O Pensando na Frente atende crianças desde o Berçário até o Maternal III e Porto Real é primeira cidade no Brasil a aplicar a metodologia.

– Nosso objetivo é proporcionar aos estudantes, aos profissionais de educação e à comunidade escolar cada vez mais proximidade com o conteúdo abordado dentro das salas de aula. Por isso é fundamental a participação de todos, e o uso de ferramentas que propiciem essa interatividade de maneira eficaz e prazerosa. O total envolvimento, através da soma desses esforços, são fatores determinantes para o sucesso das atividades realizadas – analisou o prefeito Ailton Marques.

O secretário de Educação, Cultura e Turismo, Robson Paulino da Silva, esteve presente à ocasião e ressaltou a importância da música junto ao desenvolvimento pedagógico dos estudantes.

– No projeto, aplicamos os conceitos de musicalidade à matemática, a partir dos princípios da neurociência. Atualmente são atendidas 106 crianças na Creche Professora Cacilda Verri Marassi; 144 na Enrico Secchi e 72 na Waldir Roberto da Conceição. Nosso objetivo é ampliar gradativamente essas ações. Estamos em parceria com a Secretaria de Saúde e será realizado um encontro com gestantes, que será o primeiro passo para levar o “Pensando na Frente” para as unidades de saúde, ofertando esse benefício às crianças desde o útero materno – contou o secretário.

A coordenadora de Educação Infantil, Christiane Sabino explicou que as atividades acontecem desde o dia 11 de março, uma vez por semana e o projeto foi idealizado pela orientadora pedagógica Herica Cambraia, doutora em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e pós-doutoranda no mesmo assunto também pela mesma instituição.

– Contamos ainda com o apoio da musicista, Simone Borges, que é cantora profissional e habilitada. Conceitos importantes para o desenvolvimento da matemática como a atenção, a escuta, o pulsar, o silêncio, o sistema de numeração e a cognição corporal são trabalhados durante as aulas – disse a coordenadora.

‘Pensando na Frente’

Com o objetivo de vivenciar a musicalidade como metodologia de ensino e aprendizagem referente aos conceitos matemáticos, associando efetivamente o cálculo às experiências lúdicas, o projeto surgiu em julho de 2014, através da professora doutora, Herica Cambraia, em uma instituição de ensino em Barra Mansa. Trata-se de um projeto acadêmico da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), aplicado exclusivamente à grade curricular em Porto Real.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document