sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Porto Real realiza VII Conferência de Saúde

Porto Real realiza VII Conferência de Saúde

Matéria publicada em 2 de abril de 2019, 15:21 horas

 


Evento reuniu autoridades e a sociedade civil
(Foto: Dorinha Lopes)

Porto Real- Democracia e Saúde esse foi o tema da VII Conferência Municipal de Saúde de Porto Real realizada, no CIEP Brizolão 487 Oswaldo Luiz Gomes. O evento reuniu representantes de diversos segmentos, entre eles autoridades e sociedade civil. A Conferência foi dividida em três eixos: Saúde como Direito, Consolidação do SUS e Financiamento do SUS.

– Construir uma gestão participativa é contribuir para o sucesso das ações realizadas pela secretaria de Saúde. A Conferência é um momento de grande importância, onde a população e o governo elaboram estratégias que podem definir os rumos das políticas públicas não só no município, mas em todo o país – declarou o prefeito Ailton Marques, presente à ocasião.

– Os grupos de discussão elaboraram 12 propostas para cada eixo. As ideias debatidas são ferramentas importantíssimas para o bom desenvolvimento das ações em saúde. Esse processo é uma forma de assegurar o fortalecimento das políticas de saúde, através da participação da população. Podemos destacar como algumas propostas relevantes: a importância da formação continuada e acriação de conselhos de saúdes setoriais, fóruns de discussão de saúde nos territórios. Serão 36 propostas enviadas para a etapa estadual, que está em sua oitava edição, acontece nos dias 24, 25 e 26 de maio, em local que ainda será definido. Já a 16ª Conferência Nacional será realizada no mês de agosto – contou o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Irton Marcos da Silva, que esteve presente no evento.

A secretária executiva da assessoria de regionalização do Médio Paraíba, Sônia Machado, esteve presente à Conferência e comentou sobre o papel e a importância das propostas para as políticas de saúde.

– Os municípios estão se preparando para as etapas estaduais e para a nacional. Vivemos um momento de fragilidade nessas políticas e sabemos que trabalhar pela saúde é querer fazer o melhor pelo outro. É, sem dúvida, um grande desafio promover ações em prol da população – relatou Sônia.

– A 7ª conferência tem sua relevância no fortalecimento do processo democrático e na construção de diretrizes para formulação de políticas públicas de saúde que atendam os anseios e necessidades da população. Para isso, nosso objetivo é o estabelecimento de condições que assegurem o acesso universal e igualitário das ações e aos serviços para sua promoção, proteção e recuperação – completou o secretário de Saúde, Luiz Fernando Curty Jardim, presente ao evento.

Também compareceram ao evento, vereadora Fernandinha, secretária de Desenvolvimento, Econômico, Trabalho e Renda, Vanessa Miranda e os subsecretários municipais: Suzanne Balieiro (Saúde); Philippe Paiva (Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação) e Flávio Marinheiro (Receita). As palestrantes da Conferência foram a presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do RJ (COSEMS) e Secretária Municipal de Saúde de Pirai Maria da Conceição e Rosa Lages.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document