>
segunda-feira, 23 de maio de 2022 - 17:15 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Prazo de vistoria do Detran é prorrogado, diz Albertassi

Prazo de vistoria do Detran é prorrogado, diz Albertassi

Matéria publicada em 15 de junho de 2016, 20:54 horas

 


Volta Redonda – O deputado estadual Edson Albertassi (PMDB) se reuniu novamente nesta quarta-feira (15) com o presidente do Detran, José Carlos dos Santos, e informou que o órgão irá prorrogar o prazo para as vistorias. De acordo com Albertassi, o presidente do Detran disse que o novo calendário deve ser publicado através de portaria nos próximos dias. Albertassi comentou ainda que o órgão também deverá aumentar mais um turno de vistoria em alguns municípios da região, com o objetivo de “desafogar” os atendimentos. As cidades deverão ser divulgadas nos próximos dias.

O deputado reforçou que as blitzes estão suspensas em todo o estado conforme o DIÁRIO DO VALE publicou em sua edição impressa desta quarta-feira (15) e no site na terça-feira (14). O parlamentar teve a iniciativa de solicitar a suspensão devido às inúmeras reclamações dos condutores que não estão conseguindo agendar a vistoria nos postos do Sul Fluminense. Outros deputados estaduais da região sinalizaram apoio à população e também solicitaram a ampliação de vagas e horários para as vistorias anuais.

Problema

No dia 9 de junho, o DIÁRIO DO VALE publicou uma reportagem onde fala sobre o problema nos agendamentos. Na época, segundo o Detran, em Volta Redonda estão disponíveis 408 vagas diárias, em Barra Mansa 178, Resende 260, Barra do Piraí 180 e Angra dos Reis 300. Motoristas que efetivaram o agendamento passaram dias e até meses tentando pelo telefone e site (atualmente quando um condutor tenta agendar pela internet, a cidade mais próxima na região disponível para o serviço é Valença). Muitos dos que tentaram o agendamento e não conseguiram estavam sendo multados nas blitzes. Essa é a principal queixa dos motoristas, que depois de parados e terem os veículos levados para os depósitos alugados pelo Detran, são obrigados a pagar pelo reboque dos veículos e as diárias (quanto tempo ficaram) no pátio.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

16 comentários

  1. Mudei este ano de Volta Redonda-RJ para Taubaté-SP, e a primeira coisa que eu fiz foi a transferência
    do veículo. Aqui vc recebe o IPVA em casa paga no banco e uma semana depois recebe o documento
    definitivo em casa. VISTORIA só no caso de transferência de propriedade, ou BLITZ da PM nas ruas, afim
    de detectar irregularidades no veículo. Ai em Volta Redonda vi muitas vezes caminhões, carros e até
    ônibus, com lampadas queimadas, faltando para choque, pneus carecas, e outras irregularidades, rodando
    tranquilamente pela cidade. Como passaram na vistoria do DETRAN ? Ou seja essa vistoria farjuta, é só para o Estado faturar.

  2. Esta noticia que as blitzes pararam é mentira.

    Quem passou em Santa Cruz e hoje na curva do Aero viu, tinha caminhão reboque e tudo mas.

  3. Corrigindo. O nome do vice presidente é Rodrigo Ferreira

  4. robson jose cidrini

    Esse ônibus amarelo e preto escolar que aprece na reportagem acima (foto) nunca teve placa, roda por aí há anos, porque ele pode? Gente a sacanagem é tanta, que daqui apouco, quem tiver com o IPTU atrasado vai ter sua casa rebocada pro pátio kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. ontem estava estava cheio de blitz na cidade da apetran aquelas motinhas de caca niquel do povo trabalhador e honesto..

  6. Pagador de impostos

    A “incelência” está se mexendo. Será mesmo ? Para eles, esse assunto nunca será problema. Vistoria, ter carro rebocado e outros “transtornos” que acometem os cidadãos comuns, os que pagam os impostos que os sustentam. Afinal, eles são “diferentes” de nosotros. Ou alguém os vê no dia a dia da cidade ? Nas filas de banco, no próprio posto de vistoria, já que esse é o assunto ? Eles são invisíveis. Só aparecem em duas situações. Para se alimentarem de votos (esse ano tem ração) e para buscarem a verba mensal.

  7. Estamos trazendo muitas melhorias para região. Espero ser lembrado nas eleições.

  8. Com certeza ontem ainda teve blitz em volta redonda – Santa Cruz .

  9. MORADOR SANTA CRUZ

    Bom dia, JÁ QUE A BLITZES ESTÃO SUSPENSAS, POR QUE NA SAIDA DO BAIRRO SANTA CRUZ ONTEM (15) ESTAVA TENDO BLITZ DA POLICIA MILITAR? COM DIREITO A GUINCHO E TUDO. PODE ISSO ????

  10. Alo deputados do rio janeiro , vcs nao acha melhor acabar com essa vistoria assim acaba com esse cabide de emprego , e so fazer igual os estados de Sao paulo e Minas manda a boleta e quem faz o serviço e a policia. Nosjapagamos pra isso

  11. “Detran não pode exigir vistoria para emissão de documento(licenciamento)”.
    O licenciamento de automóveis no Rio de Janeiro não depende de vistoria do Detran. Pelo menos não para o advogado João Pedro Campos de Andrade Figueira, que conseguiu uma liminar, na quarta-feira (28/4), para poder licenciar seu carro. Para a Justiça do estado, só a União pode legislar sobre trânsito, o que torna ilegais as normas estaduais que condicionaram o licenciamento à vistoria.

    A decisão foi tomada pela juíza Neusa Alvarenga Leite, da 14ª Vara da Fazenda Pública da capital. “Os atos administrativos não podem ampliar matérias que não estejam disciplinadas em Lei, sob pena de burlar o comando constitucional”, disse ela na liminar. “Não se pode permitir que toda documentação referente a um automóvel somente seja deferida após a vistoria.” O Mandado de Segurança foi ajuizado pelo advogado Leandro Mello Frota.

    Em 1998, o Conselho Nacional de Trânsito editou a Resolução 84/1998, que disciplinava a necessidade de vistoria para o licenciamento anual obrigatório. Um ano depois, no entanto, a exigência caiu, depois que o órgão publicou a Resolução 107/1999. Desde então, não há norma federal que obrigue os proprietários a submeter os veículos ao Detran antes de licenciá-los. “Compete exclusivamente à União legislar sobre trânsito, o que fez com a edição do Código de Trânsito”, disse a juíza.

    Segundo ela, a obrigação de se fazer vistoria é uma forma de o estado exigir a quitação de multas e tributos, “manobra que objetiva criar receita sem a propositura da ação executiva própria”. A obrigação, no caso, não teria propósito de fiscalização dos automóveis, e sim de arrecadar.

  12. Wantuil fortes Silvério

    DEP Albertassi , tem que fazer um projeto de extinção das vistorias de carro no estado do rio. prorrogação é pouco,tem que acabar com isso de vez . No caso da Califórnia , concordo com Dep.O Dep não dormiu no ponto,pois ele deu entrada em 2011 ,na brecha do peblicito do estado do pará. Se para o pará valeu ,para California vai valer!

  13. Gostaria muito que o nobre deputado se manifestasse! Afinal estou sentindo cheiro de mentira. E definitivamente o presidente do detran não esteve no orgão hoje! Que vergonha irmão. Isto que tu aprende na igreja? Se posicione por favor. Por favor diário do vale publiquem e confiram a informação que estou afirmando!

    • Caro Eduardo, por mais incrível que possa parecer, o homem inventou uma máquina que permite se comunicar a distância. Tem gente chamando de telefone. E parece que agora inventaram um que não precisa nem estar ligado por fios!
      Talvez eles tenham usado esta nova tecnologia para uma reunião virtual.

  14. Sou funcionário do DETRAN e gostaria de informar que o presidente do detran está de férias viajando. Como e onde este deputado se reuniu com ele?

Untitled Document