segunda-feira, 29 de novembro de 2021 - 12:00 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Prefeitura de Barra do Piraí emite alerta sobre dengue

Prefeitura de Barra do Piraí emite alerta sobre dengue

Matéria publicada em 27 de fevereiro de 2020, 08:53 horas

 


Município lembra que chuvas e sol se tornam ambientes propícios para o mosquito (crédito AB)

Barra do Piraí – A Prefeitura de Barra do Piraí intensificou esta semana a campanha de combate ao mosquito da dengue. O município emitiu alerta e orientações sobre formas de evitar a proliferação da doença. E mais: a secretaria municipal de Saúde pede apoio da população nas ações de controle da doença.

Entre as orientações o município pede aos moradores que evitem deixar água parada, principalmente, em vasos de plantas, onde há  que ainda é onde se encontra o maior número de focos.  “Se tirarmos cinco minutos do dia para observar ao redor e remover tudo que possa servir de criadouro para o mosquito Aedes aegyrti, podemos evitar uma epidemia”, declara Irineia, diretora Vigilância em Saúde.

O alerta do município vem em função do período de chuvas que associado ao sol se tornam ambientes propícios para a proliferação do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.  Segundo alerta da SMS, os ovos do Aedes aegypti são extremamente resistentes e podem “hibernar” pelo período de um ano de estiagem. Assim que o recipiente onde os ovos foram depositados se enchem de água, eles eclodem e, em até dez dias, se transformam em mosquito adulto. Uma fêmea pode depositar entre 100 e 150 ovos por vez a cada quatro dias.

– Isso torna essencial o trabalho de combate ao mosquito. Mas o poder público precisa da colaboração da população para pôr fim à Dengue. Em meses chuvosos o trabalho de visita ás residências feito pelos agentes de combate a endemias é prejudicado. Limpar o quintal e eliminar recipientes que possam acumular água são tarefas simples que podem salvar vidas. E mesmo que o problema não esteja no local onde mora, o munícipe pode denunciar pelos telefones (24) 2442 – 2635 e (24) 2447-6150 ou por meio da Ouvidoria da Prefeitura – ressaltou a direção da Vigilância em Saúde.

Segundo a SMS, os agentes realizam atividades ininterruptamente e  percorrem a cidade visitando as residências, acompanhado do responsável pelo imóvel, onde são realizadas as vistorias nos quintais e dentro dos cômodos para identificar possíveis criadouros do mosquito. A Vigilância em Saúde antecipa que os agentes se apresentam com crachá e que em caso de dúvidas, o morador deve ligar para a Secretaria de Saúde, no Núcleo de Vetores, se certificando sobre o agente ou ainda pedir a presença do supervisor de campo que acompanha a equipe. O telefone é o (24)24422588 – CEMUVIS CENTRO Municipal de Vigilância em Saúde.

Informe

Além das atividades de rotina, visitas casa a casa, vistorias aos pontos estratégicos e imóveis especiais, os técnicos da equipe de agentes desenvolvem orientações com entrega de folhetos educativos, informativos e se necessário, efetuam encaminhamentos para resolução de problemas em outros órgãos da Prefeitura.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document