quarta-feira, 21 de outubro de 2020 - 07:16 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Prefeitura de Barra Mansa comemora Dia Internacional da Síndrome de Down

Prefeitura de Barra Mansa comemora Dia Internacional da Síndrome de Down

Matéria publicada em 21 de março de 2017, 15:53 horas

 


Na Praça da Matriz: Grupo ‘Abadá Capoeira’ animou as comemorações apresentação da luta (Foto: Paulo Dimas/Ascom PMBM)

Na Praça da Matriz: Grupo ‘Abadá Capoeira’ animou as comemorações apresentação da luta (Foto: Paulo Dimas/Ascom PMBM)

Barra Mansa – A prefeitura de Barra Mansa, através do Cemae (Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado), realizou nesta terça-feira (21) algumas ações em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down. O evento teve a presença dos alunos e professores da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), do Cemae (Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado) e a participação de alunos da UniFoa – Centro Universitário de Volta Redonda – realizando atendimento odontológico. O grupo “Abadá Capoeira” animou as comemorações com sua apresentação.

A data 21 de março foi escolhida pela Down Syndrome International por fazer alusão à trissomia do 21 (21/3), condição de um núcleo, célula ou organismo no qual um dos pares de cromossomos homólogos apresenta um cromossomo a mais.
A vice-prefeita Fátima Lima garantiu que a prefeitura sempre estará apoiando eventos deste porte.

– A importância desta ação é a valorização do ser humano. Quando nós nos aproximamos de pessoas com deficiência, entendemos o valor de cada um, pois são muito especiais. A prefeitura apoia e desenvolve este tipo de trabalho no município, através do Cemae, e vamos continuar ampliando o atendimento para essas pessoas e nossa parceria com a Apae – revelou.

Para a coordenadora de Educação Especial do município, Sônia Coutinho, essas ações valorizam as pessoas com deficiência.

– É muito importante que o Cemae participe do máximo de eventos possíveis da prefeitura para que possamos mostrar que a pessoa com deficiência é capaz, pode produzir e ser integrada na sociedade – disse.
Já a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ruth Coutinho, frisou a importância de combater o preconceito.

– Muitas dessas pessoas especiais, que já encontram uma série de dificuldades no dia a dia, também sofrem muito preconceito. É importante também realizar ações que possam inserir essas pessoas no mercado de trabalho, para que elas possam ter mais liberdade e autonomia – concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Sem dúvida a iniciativa do evento é esclarecedor entretanto a informação do crédito da realização do evento não está correta ja que o NASF de Barra Mansa, coordenado pelo profísional Weslay, prestou apoio às famílias. Parabéns pela iniciativa.

Untitled Document