Prefeitura de Barra Mansa realiza 11ª edição do ‘Produção de Águas’

by Diário do Vale

A prefeitura de Barra Mansa, por meio da secretaria municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, realizou nesta quinta-feira, dia 05, a a 11a edição do projeto ‘Produção de Águas’. A iniciativa é uma parceria entre a secretaria e a Oscip Piratingaúna e visa a recomposição de margens de rios e a recuperação de nascentes do município. Nesta edição, foram plantadas 500 mudas de espécies de Mata Atlântica em duas nascentes localizadas na Fazenda Sede Velha, no distrito de Santa Rita de Cássia. Ao todo, o distrito conta com 102 nascentes identificadas pela Associação de Produtores Rurais de Santa Rita de Cássia.

O plantio contou com a participação de cinco jovens atendidos pelo projeto ‘Educando para a Sustentabilidade’, realizado pela Fundação Mokiti Okada em parceria com o Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas). O secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Marinho Branco, explicou aos jovens sobre a importância do projeto, lançado pelo governo Jonas Marins no início de 2014. “Precisamos cuidar do planeta, sendo fundamental a preservação de nascentes e a recuperação de rios”, frisou Marinho.

Engenheiro agrônomo da Fundação Mokiti Okada, Leandro Amado elogiou a iniciativa da prefeitura e ressaltou que essa ação vai de encontro ao projeto da instituição. “Além da preservação do meio ambiente, nossa ideia é mostrar a esses jovens a sustentabilidade da pessoa, visando a recuperação deles socialmente”, explicou. Segundo Leandro, através da participação no projeto ‘Produção de Águas’ eles podem vivenciar essa questão de sustentabilidade. “Essa parceria com a prefeitura permitirá a ressocialização deles, pois é uma oportunidade para conviverem com outras pessoas e participarem de uma atividade positiva”, completou.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Rural, Carlos Roberto de Carvalho, o Beleza, que participou do plantio, além de permitir que a nascente fique mais protegida, o plantio de mudas permite o aumento na recarga de água que atende o distrito e, principalmente, os produtores rurais. De acordo com a Associação de Produtores Rurais de Santa Rita de Cássia, o distrito conta com 120 pequenas propriedades e uma média de 250 produtores que, no período de safra, produzem 30 toneladas de hortaliças por dia. “Acredito que esse projeto contribuirá muito para nossas plantações porque sem chuva corremos o risco das nascentes secarem”, frisou Dirceu de Aquino, produtor rural do distrito.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996