sábado, 17 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Prefeitura de Barra Mansa realiza evento de incentivo à preservação ambiental

Prefeitura de Barra Mansa realiza evento de incentivo à preservação ambiental

Matéria publicada em 15 de outubro de 2018, 17:10 horas

 


Evento incentiva preservação do meio ambiente. (crédito Paulo Dimas)

Barra Mansa – A cerimônia do Pagamento por Serviços Ambientais – PSA Hídrico – desenvolvido na microbacia do Rio Bananal, no distrito de Rialto, acontece nesta segunda-feira, 15, às 18 horas, no Hotel Fazenda Renascer. O evento será presidido pelo secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Barra Mansa, Carlos Roberto de Carvalho, o Beleza, e vai contemplar produtores rurais envolvidos no projeto, que já possibilitou a preservação de 40 hectares de Mata Atlântica, além do reflorestamento de outros 20 hectares de área.

A iniciativa além de servir como estímulo aos produtores para a conservação da Mata Atlântica, agrega outros ganhos ambientais, como a produção de água, a renovação do oxigênio e a preservação da fauna e da flora e do ambiente como um todo.

Segundo informações do Secretário de Meio Ambiente os recursos a serem investidos no projeto é da ordem de R$ 1,5 milhão. Eles são provenientes do Ceivap (Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul). Enquanto a verba destinada aos produtores para esta etapa do PSA Hídrico totaliza o montante de R$ 23,4 mil.

O valor também é oriundo do Ceivap e obtido por meio da cobrança pelo uso da água na bacia. “O projeto piloto em Rialto envolveu sete produtores rurais. Eles vão receber proporcionalmente a execução das práticas de conservação e restauração florestal desenvolvidas em suas propriedades”, destacou o secretário, que não descartou a possibilidade de o programa ser ampliado para outras regiões do município.

O PROGRAMA -O PSA Hídrico está contemplado no PAP (Plano de Aplicação Plurianual) como uma das ações prioritárias do Ceivap e tem o objetivo de incentivar à política de proteção de mananciais e sustentabilidade no uso do solo.

A iniciativa prevê a recuperação e proteção de áreas de preservação permanente, o levantamento de áreas críticas e prioritárias para recomposição ou adensamento de matas ciliares e de topos de morro, além da caracterização e recuperação de nascentes e áreas degradas. Inclui ainda a elaboração de diagnósticos, projetos específicos das unidades rurais e o monitoramento de resultados na qualidade e quantidade de água.

Em Barra Mansa, a empresa contratada, por meio de chamamento público, para gerenciar o projeto foi a Azevedo Consultoria. O contrato foi assinado em 2016 e efetivamente, iniciado em 2017.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Barra Mansa tem que plantar bons políticos.
    Só nasce porcaria aqui ou vem de fora mais porcaria ainda.

Untitled Document