>
sábado, 28 de maio de 2022 - 00:33 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Prefeitura de Volta Redonda realiza recadastramento de feirantes

Prefeitura de Volta Redonda realiza recadastramento de feirantes

Matéria publicada em 23 de junho de 2017, 13:18 horas

 


Objetivo é tornar a feira livre mais atrativa; recadastramento terá início na segunda-feira, dia 26, no Banco da Cidadania

Volta Redonda – A Prefeitura vai iniciar a partir da próxima segunda-feira (26), o recadastramento dos feirantes da cidade que conta atualmente com 360 pontos. Através de parceria entre as secretarias de Fazenda e de Desenvolvimento Econômico e Turismo, o Banco da Cidadania, a Vigilância Sanitária e o IPPU (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano), o processo será realizado presencialmente das 8h às 17h no Banco da Cidadania e na Subprefeitura do Retiro, até o dia 21 de julho.

– Após o recadastramento, queremos fazer um estudo sobre a feira livre de Volta Redonda, analisando a possibilidade e a necessidade de reorganizar e padronizar. O objetivo do prefeito Samuca Silva é transformar a feira livre em um ponto atrativo também para pessoas de outras cidades – explicou o gestor do Banco da Cidadania, Carlos Baía, acrescentando que, para fazer o recadastramento, os feirantes deverão levar identidade, CPF, comprovante de residência e a licença da barraca.

A feira livre de Volta Redonda é realizada de segunda-feira a domingo, das 7h às 13h, atendendo em cada dia da semana uma região diferente, distribuídas pelos bairros Santa Cruz, Retiro, Sessenta, Volta Grande, Conforto, Aterrado e Vila Santa Cecília. Os feirantes comercializam roupas, frutas, verduras e legumes, artigos pessoais e para casa, carne, peixe, aves, além de alimentação.

Confira a programação do recadastramento

Período: 26 de junho a 21 de julho.

Documentos: Identidade, CPF, comprovante de residência e licença da barraca de feirante.

Locais: Banco da Cidadania (Rua Antônio Barreiros, 194, bairro Nossa Senhora das Graças – prédio da Secretaria Municipal de Ação Comunitária); Subprefeitura do Retiro (Avenida Antonio de Almeida, 46, bairro Retiro).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Aposto que estes que criticam a atitude do prefeito deve ter mais de uma barraca na feira tem que Da uma sacudida nessa turma de pessoas que querem só vantagens.

  2. comerciante de Volta Redonda

    Prefeito, mande os seus secretários irem à Brasília visitar as feiras de lá. São várias feiras fixas em locais de bairros, com cobertura, sanitários, segurança, área de alimentação, estacionamento e outras. As feiras daqui não mudaram nada em 60 anos. Sou nascido em Volta Redonda e morei em Brasília.

  3. A Feira tem q ter um local central, como um “Ceasa regional” com infraestrutura, segurança, HIGIENE ! Pois a feira hoje é sinonimo de caos… congestionamento, sujeira, atrapalha muito. O único dia que nao tem isso é no domingo pois na Vila é numa area bem comercial e é num DOMINGO e não em dias úteis como nos de mais bairros

  4. ja vai comerça a palhacada de novo. seu prefeito samunca vai cuida da educacao, da seguranca, e da saude q ta rim. ruim ruim mesmo. e nao de quem ta trabalhando pra sobreviver.

    • Parabéns concordo…cada dia que passa fico mais decepcionada, pois a proposta de mudanças ainda não vi e não creio que veremos…olha a cidade, parece queijo suíço, cade o projeto ‘tapa buraco’? cadê as melhorias nos postos de saúde , nas creches que funciona em meio período e no outro os pais precisam se virar com os coitados dos pequenos…cadê as melhorias as mudanças prometidas…deixa o povo trabalhar, cadastramento para que? Atrativos para outras cidades? Não se conseguem cuidar nem do povo da daqui…como acham que irão receber mais pessoas de fora, passar vergonha isso sim…balela…

Untitled Document
close