quinta-feira, 6 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Prefeitura retoma Arena da Viola, em Volta Redonda

Prefeitura retoma Arena da Viola, em Volta Redonda

Matéria publicada em 23 de setembro de 2016, 22:52 horas

 


Volta Redonda – A tradição das canções de violas na região Sul Fluminense ganha mais força a partir desta semana, quando a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) retoma o projeto Arena da Viola, que traz apresentações de violeiros do município e da região realizadas mensalmente. Neste ano, o espaço escolhido para reunir o público fã de viola foi o Memorial Getúlio Vargas, na Vila Santa Cecília, com oito duplas se apresentando a cada domingo, das 9h às 13h.

– O Arena da Viola já é um patrimônio dos voltarredondenses. É um marco da cidade, já fizemos dezenas e mais dezenas de apresentações nos bairros e também na Vila Santa Cecília, há cerca de sete anos – disse Donizete Amorim, um dos coordenadores do evento.

As primeiras apresentações serão realizadas neste domingo, com shows dos músicos: Amerson & Dasio; Ademir & Chico Leite; Martinei & Chico Silva; Geneci & Marcos Moran; Gilles; Trio Barra Mansa; Irmãos Vieira; e João Luiz & Roselito. O repertório, além de modas inéditas, contará com clássicos da música de raiz de grandes nomes como Tião Carreiro e Pardinho, Tonico e Tinoco, Pena Branca e Xavantinho, Belmonte e Amaraí, Trio Parada Dura, Milionário e José Rico, entre outros.

Segundo Amorim, a escolha dos artistas é sempre feita de acordo com a disponibilidade de cada um e uma escala justa atendendo a todos em igualdade.

– A expectativa é a melhor possível, é um momento único e exclusivo, um espaço de mostrar à cidade que temos talentos. E esperamos um bom público também – falou.

Tradição

A secretária municipal de Cultura, Rosane Mendonça, destacou a importância do evento como forma de resgate da cultura sertaneja da região.
– Esse projeto é um resgate da viola caipira que se faz presente dando vida à verdadeira música sertaneja. Nossa intencionalidade é levar esse projeto aos domingos nos bairros e a cada último domingo do mês, no Memorial Getúlio Vargas – explicou.
Compartilhando da mesma opinião, Donizete Amorim comentou que a região tem muitos mineiros erradicados e que gostam dessa cultura. Além disso, valoriza o comércio da feira livre, uma combinação positiva unindo o útil ao agradável.
– Sempre temos novidades, o Arena da Viola atrai duplas da própria região e de outros estados. De São Paulo, já recebemos duplas de Cruzeiro, Lorena, Lavrinhas, Pinda e até da capital. Aqui do estado do Rio, já tivemos músicos de Paracambi, Seropédica e de Niterói. De Minas Gerais, já vieram da cidade de Lima Duarte, Arantina, Bom Jardim entre outras – acrescentou.

Confira a programação dos próximos:

30 de outubro

Alto Monte e Paranaense
Ademir e Chico Leite
Martinei e Chico Silva
Amorim e Amaral
Irmãos Vieira
Geneci e Marcos Moran
Paulo César e Marciano
João Luiz e Rozelito

27 de novembro

Trio Barra Mansa
Irmãos Vieira
Amorim e Amaral
Gilles
Alto monte e Paranaense
Paulo César e Marciano
Amerson e Dásio
João Luiz e Rozelito

18 de dezembro

Gilles
Martinei e Chico Silva
Amerson e Dásio
Amorim e Amaral
Ademir e Chico Leite
Paulo César e Marciano
Geneci e Marcos Moran
Trio Barra Mansa
Missa Sertaneja Especial de Natal com Padre Juarez
Grupo mensageiros do Sertão


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Muito bom, estarei lá, só espero que não apareçam candidatos pra encher o saco.

Untitled Document