domingo, 9 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Professores de Educação Física passam por capacitação em Volta Redonda

Professores de Educação Física passam por capacitação em Volta Redonda

Matéria publicada em 11 de janeiro de 2018, 19:02 horas

 


Capacitação: Atividade é parte de reciclagem para os profissionais de educação física - Geraldo Gonçalves – Secom/VR

Capacitação: Atividade é parte de reciclagem para os profissionais de educação física – Geraldo Gonçalves – Secom/VR

Volta Redonda

Colocar os projetos da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer em prática, ver se a atividade funciona conforme o planejado na teoria e permitir que cada professor vivencie a experiência que vai passar para os alunos. Esse foi o objetivo da aula realizada hoje, (11), na Ilha São João, para os profissionais de educação física, que passam por capacitação iniciada na última segunda.
– A aula prática também promove troca de experiências entre os professores de áreas distintas. Além de permitir que o profissional, ao executar o que estudou, proponha renovação”, afirmou a secretária interina de Esporte e Lazer, Patrícia Monlevad. A capacitação começou no dia 08, no auditório da Secretaria de Educação, no bairro Niterói, com uma explanação sobre o que é a educação física; no segundo dia, os profissionais conheceram todos os projetos da Smel. Na quarta-feira, (10), houve apresentação dos novos documentos padrões, como formulário de cadastro, lista de chamada, planilha de planejamento e relatório e métodos de avaliação nos nossos alunos de todos os projetos pelos Professores. E na quinta, (11), foi dia de colocar em prática os projetos apresentados na teoria. O encerramento será hoje, com apresentação do calendário de eventos e atividades da secretaria em 2018. “Nesta etapa, procuramos sanar dúvidas para que todos tivessem informações sobre as atividades da secretaria como um todo, independentemente da área que atua”, explicou o diretor de Esporte da Smel, Felipe Assis.
Para o prefeito Samuca Silva, essa capacitação comprova a política municipal de buscar melhorias para os profissionais para gerar bons serviços para a população. “Precisamos motivar e capacitar os profissionais, para que possam servir melhor nossa população. O trabalho do profissional de educação física é de grande importância para a melhoria na qualidade de vida da população da cidade”, afirmou o prefeito.

Profissionais

Entre os 90 professores que participam da capacitação está Olavo de Souza Araújo, na secretaria desde 2006 e hoje coordena as atividades no Ginásio Poliesportivo da 249. Ele aprovou a reciclagem proposta para a semana em que os profissionais iam se reapresentar ao trabalho. “As palestras nos garantem embasamento teórico e promovem o conhecimento global dos projetos da Smel. Saímos todos falando a mesma língua. Já as vivências práticas promovem troca de experiências, por cada um tem sua especialidade como trabalhar com criança ou terceira idade”, explicou. Jéssica de Oliveira Lopes concorda com o colega de profissão. Ela, que começou como estagiária em 2017 e hoje é professora, atua nos pólos do Roma I e na Vila Americana. ”A capacitação em geral deu um caminho de como agir com os alunos, de qualquer idade, mantendo a filosofia e os objetivos da secretaria. Mas achei importante a apresentação de alguns artifícios para avaliarmos o desenvolvimento, ou não, do aluno durante as aulas”, destacou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. aproveita e fala para a secretaria maria paula pagar as atletas que jogaram pela cidade e até hoje não receberam

    • Prefeitura não banca atletas profissionais, as verbas devem ser gasta com esporte amador e com atividades de incentivo ao esporte. Em relação ao time feminino de voleibol eu não sei a que eles estavam vinculados, o Voltaço só tinha vinculo com o time masculino, até onde foi passado tentaram forçar o Voltaço assumir o time feminino mas não teve nenhum contrato.

  2. eu fico assustada de ver a professora q dá aula perto da minha casa, na praça pela Smel…aquilo é exercício primata…os idosos ficam imitando a professora…e olha q isso acontece a anos, a mesma aulinha. Procurem conhecer mais sobre neurociência, movimentes inteligentes e conscientes da Kelly Lemos é 80 porcento alivio de dores crônicas…

    • Eu fico assustada é quando vejo as pessoas opinaram sem ao menos saber a proposta dos projetos e aulas que são realizadas. Kelly Lemos trabalha com terapia e alívio de dores e doenças crônicas. Pelo que sei o Programa da Terceira Idade de Volta Redonda está na contra mão de sua ideia. Isto é, preveni as doenças e dores, portanto os movimentos primitivos aos quais você se refere devem estar dando resultado.

Untitled Document