terça-feira, 22 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Professores debatem formação continuada em Angra dos Reis

Professores debatem formação continuada em Angra dos Reis

Matéria publicada em 30 de julho de 2019, 11:08 horas

 


Educadores se reúnem para debater temas de interesses dos alunos (crédito Assessoria de Imprensa)

Angra dos Reis – Profissionais da Rede Municipal de Ensino estão reunidos na semana de Formação Continuada dos Educadores de Angra dos Reis (Formar). O evento que, teve início esta semana, segue até sexta-feira, com diversas atividades. Entre elas o Fórum de Gestão Democrática e uma apresentação dos alunos do pólo musical.

Na abertura do evento a Secretaria de Educação apresentou estatísticas sobre o ensino. São 57 escolas em área urbana e 18 em área rural. Entre elas, quatro unidades de educação especial: Escola Municipal de Surdos (108 alunos), E.M Deficientes Visuais (42 alunos), Unidade Tratamento Diferenciado – UTD TEA (89 alunos) e UTD Altas Habilidades (119 alunos).

A rede municipal de educação atende pelo menos 21 mil alunos, distribuídos em três níveis: Educação Infantil (4.893 alunos), Ensino Fundamental (15.043 alunos) e EJA (1.326 alunos). São 1.385 professores e 756 profissionais na equipe de apoio.

Temas

A secretária de Educação, Stella Salomão apresentou aos gestores assuntos a serem abordados com maior atenção. Um deles é o suicídio.

– É importante que no contexto da escola a gente comece a falar sobre isso. Que nossa equipe comece a falar seriamente sobre isso. Precisamos falar do valor da vida – destacou a secretária.

Além desse tema, o Fórum aborda assuntos que afetam o cotidiano das unidades de ensino, como a educação física inclusiva, o combate à infrequência e evasão escolar, os desafios no ensino de ciências, além dos problemas enfrentados pela comunidade escolar, como os cuidados em tempos de tiroteios.

Outros temas envolvem diretamente os profissionais da educação. É o caso da importância da inteligência emocional no ambiente de trabalho e dos cuidados e prevenção da saúde mental dos educadores. Há ainda assuntos ligados à vida cultural do município, como o ensino da história do quilombo San ta Rita do Bracuí e o corredor cultural marítimo.

O objetivo principal é promover e ampliar a formação de todos os profissionais que atuam na educação municipal: docentes, pedagogos, gestores, berçaristas, auxiliares de berçário, auxiliares de recreação, agentes administrativos, auxiliares de biblioteca, secretários escolares, inspetores de alunos e monitores de educação especial.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document