segunda-feira, 25 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Programa de atendimento fora do domicílio de Quatis fez 350 atendimentos

Programa de atendimento fora do domicílio de Quatis fez 350 atendimentos

Matéria publicada em 19 de junho de 2017, 18:26 horas

 


Quatis – Pelo menos 351 procedimentos médicos de alta complexidade foram disponibilizados pela Prefeitura de Quatis para pacientes residentes no Município, em unidades de outras cidades, durante o período de 01º de janeiro a 30 de abril. A informação faz parte de um balanço divulgado recentemente pela Secretaria Municipal de Saúde, que destacou os procedimentos realizados através do Programa TFD (Tratamento Fora do Domicílio).

Este programa se destina aos casos não atendidos pelas unidades do Programa Saúde da Família, na policlínica (unidade encarregado da assistência médica especializada) e no Hospital São Lucas, instituição filantrópica responsável pelo atendimento das situações de emergência, por meio de um convênio com a prefeitura.

Segundo a titular da Secretaria de Saúde do Município, Ana Lúcia Galvão, o atendimento via Programa TFD começa com o encaminhamento médico do paciente à pasta por alguma unidade da rede municipal ou do próprio Hospital São Lucas. A Secretaria de Saúde agenda os atendimentos em hospitais da região e de outras cidades dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, informa posteriormente os pacientes sobre a data e o horário do procedimento e oferece o transporte do morador para o local do atendimento;

A prefeitura dispõe, entre os veículos destinados ao transporte dos pacientes atendidos pelo TFD, duas vans com capacidade para 15 pessoas, cada uma delas. Dependendo das orientações dos médicos responsáveis pelo encaminhamento, os pacientes são transportados também em ambulâncias.

– A administração do prefeito Bruno de Souza tornou realidade, ao longo dos últimos cinco meses, algumas medidas para ampliar e tornar ainda mais eficiente o atendimento na área de saúde pública nas unidades situadas dentro do Município, principalmente na assistência ambulatorial, preventiva e de emergência. Entre estas medidas estiveram a convocação de profissionais
do setor aprovados em concurso público, o aumento do número de agentes comunitários, a compra de medicamentos e a realização de melhorias na unidade de saúde do bairro Mirandópolis. Nos casos considerados atendimentos de alta complexidade, realizamos a assistência através do Programa TFD – declarou a secretária.

Ana Lúcia ressalta que a marcação dos procedimentos em outros municípios depende da disponibilidade de vagas existentes nas unidades médicas. De acordo com ela, entre os hospitais por meio dos quais a prefeitura presta o atendimento de alta complexidade aos moradores de Quatis estão Hospital Flávio Leal (Piraí), Dona Lindú (Paraíba do Sul), HINJA (Volta Redonda), Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa, Rio Imagens, Hospital da Faculdade Ipemed de Ciências Médicas (ambos no Rio de Janeiro) e o Hospital Municipal de Emergência (Resende). Foram feitos atendimentos também em unidades médicas de Ribeirão Preto, Campinas, São Paulo e Nova Friburgo, os três primeiros no estado de São Paulo e o outro na região serrana fluminense.

O levantamento da Secretaria de Saúde sobre os procedimentos realizados nos primeiros quatro meses de 2017 pelo Programa TFD aponta, entre outros resultados, 84 procedimentos oftalmológicos, 45 exames ecodoppler (procedimento feitos com ondas de ultrasson que permite analisar o fluxo do sangue nos vasos sanguíneos), 45 tomografias computadorizadas, 13 atendimentos na área de audiometria (exames para detectar possíveis problemas na audição), 13 ecocardiogramas e nove ressonâncias magnéticas. Foram viabilizados ainda atendimentos nas áreas de nefrologia, ortopedia infantil e adulto, cirurgia pediátrica, neurologia e urologia infantil, hematologia, endocrinologia e mamografia.

– Em diversas áreas, conseguimos atender mensalmente uma quantidade significativa de encaminhamentos, como foi o caso, por exemplo, das tomografias computadorizadas e dos exames oftalmológicos para tratamento da catarata. Com relação às tomografias computadorizadas, foram disponibilizados 12, 17, 14 e 18 atendimentos, nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, respectivamente. Por sua vez, no caso dos exames oftalmológicos, foram feitos 25 procedimentos em janeiro, 16 em fevereiro, 24 em março e 19 no mês de abril – finalizou a secretária municipal de Saúde.

Programa TFD funciona de segunda a sexta-feira, de 8 às 17 horas, na Secretaria Municipal de Saúde, que se localiza no Centro Administrativo da Prefeitura de Quatis, no bairro Bondarowsky. O atendimento dos pacientes no programa é feito pelas funcionárias Norma Sueli Batista, Renata de Fátima Martins e José Darci da Silva.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document