sábado, 17 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Projeto social cria concurso de hotelaria em Volta Redonda

Projeto social cria concurso de hotelaria em Volta Redonda

Matéria publicada em 7 de novembro de 2018, 20:05 horas

 


Master Hoteleiro Jr. faz parte do processo avaliativo do Capacitar Hotelaria e Serviços da Fundação CSN

Volta Redonda – O concurso Master Hoteleiro Jr acontecerá na quinta-feira, dia 08, às 18 horas, no Hotel-escola Bela Vista. A finalidade do projeto Social Capacitar Hotelaria e Serviços da Fundação CSN é proporcionar aos alunos um ambiente desafiador, ao mesmo tempo em que estimula o aprendizado e possibilita colocar em prática e mostrar a todos o que foi aprendido ao longo da capacitação. Na categoria bar e cozinha, o melhor drink e o melhor prato do concurso entrarão no cardápio do Restaurante Bela Vista por 15 dias, com preços especiais.

A escolha dos melhores nas categorias: bar, cozinha, governança e garçom, será feita pelo Júri do Concurso. No dia do evento cada equipe terá? um objetivo para cumprir e ao final, apresentarão para os jurados, que avaliarão de acordo com os critérios: criatividade, qualidade, higiene e simpatia.

A premiação do concurso contempla para o 1º lugar: 1 diária no Vila Business Hotel para os pais dos premiados; 2º lugar: Jantar no Hotel-escola Bela Vista para os pais e os premiados; 3º lugar: Feijoada do Hotel-escola Bela Vista para os pais e os premiados.

Ano que vem

Quem se interessar pelo projeto pode se inscrever para o 1º semestre de 2019 até 14 de novembro. A capacitação é gratuita e voltada para jovens de 16 a 29 anos com ensino fundamental completo na rede pública. O processo seletivo inclui análise socioeconômica e prova com os conteúdos básicos de português e matemática, que será realizada em 24 de novembro, às 13 horas, na Escola Técnica Pandiá Calógeras – ETPC, em Volta Redonda. Podem se candidatar moradores de Volta Redonda, Barra Mansa, Barra do Piraí, Piraí, Pinheiral, Quatis, Resende e Porto Real. Clique aqui e acesse o edital completo com todas as informações sobre o processo de inscrição e seleção.

Sobre o ‘Capacitar’

O Capacitar Hotelaria e Serviços é um projeto social realizado pela Fundação CSN no Hotel-escola Bela vista, que oferece aprendizado prático e formação nas áreas de recepção, cozinha, eventos, garçom, bartender, e atendimento ao cliente. Ao longo do curso os alunos passam por todas as áreas do Hotel com aulas teóricas e práticas, totalizando 220 horas de formação, em um período de 6 meses. Nesse projeto, a Fundação CSN garante vale-transporte, lanche, uniforme e material didático. Desde 2007 mais de mil alunos já se capacitaram pelo curso.

Sobre a Fundação CSN

A Fundação CSN é o braço de responsabilidade social das empresas do grupo CSN. Há 57 anos desenvolve e apoia iniciativas na área educacional. Tem em seu DNA fortalecer a educação, com ênfase na capacitação profissional, assistência social e valorização da cultura.

Além de suas iniciativas sociais a Fundação mantém unidades de negócios, nas quais o resultado financeiro é revertido para a execução dos projetos que desenvolve, como os dois empreendimentos que administra na cidade de Volta Redonda (RJ): o Hotel-escola Bela Vista e o Vila Business Hotel. Na educação, para contribuir com a democratização do acesso à educação de qualidade possui programas de bolsa de estudo em suas duas escolas técnicas: CET – Centro de Educação Educacional, em Congonhas (MG) e ETPC – Escola Técnica Pandiá Calógeras, em Volta Redonda (RJ). Para a capacitação profissional e primeiro emprego, conta com os programas: Jovem Aprendiz, que no último ano capacitou 439 jovens para ingressarem no mercado de trabalho e Capacitar Hotelaria e Serviços, programa social para o Sul Fluminense, que desde 2007 capacitou 1.123 jovens nos dois hotéis da Fundação.

 

concurso Master Hoteleiro Jr acontecerá no Hotel-escola Bela Vista

Na área da cultura desenvolve projetos para formação e difusão cultural como o Garoto Cidadão, e Histórias que Ficam. Juntas, todas essas iniciativas resultaram em 3.222 jovens impactados diretamente e 456 apresentações culturais para um público de cerca de 197 mil espectadores. Resultados que reforçam o trabalho da Fundação em seguir na direção e construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document