domingo, 24 de outubro de 2021 - 21:15 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / ‘Cidade da Música’ retoma atividades presenciais

‘Cidade da Música’ retoma atividades presenciais

Matéria publicada em 25 de setembro de 2021, 09:44 horas

 


Banda e Orquestra voltaram a ensaiar na sede do projeto e professores foram recontratados para atuar nas escolas da rede municipal

Projeto beneficiava cerca de quatro mil alunos da rede municipal (Fotos: Divulgação Secom/PMVR)

Volta Redonda – O projeto Volta Redonda Cidade da Música, que acontece através da Secretaria Municipal de Educação (SME) e da Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre), retornou às atividades presenciais com ensaios da Banda de Concerto e da Orquestra de Cordas. Os grupos, com cerca de 50 músicos cada, se reúnem as segundas, quartas e sextas-feiras na sede do projeto, na Avenida Graham Bel, nº 89, no bairro Vila Mury, respeitando os protocolos de prevenção à Covid-19.

A retomada dos ensaios presenciais dos músicos do Cidade da Música foi simultâneo ao retorno dos alunos da Rede Municipal de Ensino às salas de aula, no último dia 13 de novembro. E, na mesma semana, iniciou o processo de contratação de professores, aprovados em processo seletivo, para que o projeto volte às escolas.

Antes da pandemia da Covid-19, que obrigou a interrupção das atividades presenciais do Volta Redonda Cidade da Música, o projeto beneficiava cerca de quatro mil alunos da rede municipal. “Estamos trabalhando para retomar as atividades em sua totalidade. Na próxima semana, os professores retornam às unidades escolares para recomeçar o trabalho”, afirmou a secretária de Educação, Terezinha Gonçalves, a Tetê.

O maestro Nicolau de Oliveira, idealizador do Volta Redonda Cidade da Música, implantado em 1974, afirmou estar feliz com o retorno aos ensaios em grupo. “O conhecimento não se perde, mas é preciso o contato direto com os instrumentos para praticar. O projeto está renascendo para receber os novos alunos e os antigos”, disse.

O Cidade da Música é considerado um celeiro de talentos, já formou uma série de músicos que se profissionalizaram em conjuntos e orquestras no Brasil e no exterior. Em Volta Redonda, o trabalho resultou na criação da Banda Mini, Banda de Metais e Banda de Concerto; Orquestra de Violinos, Orquestra de Violoncelos e Contrabaixos e Orquestra de Cordas; além do Coro Infantojuvenil e Coro Misto.

O objetivo principal é o desenvolvimento sensorial da criança, trabalhando a coordenação motora, audição, visão, fonação, tato, atenção, memória e raciocínio e, usando a música como veículo, os músicos são trabalhados para desenvolver: disciplina, assiduidade, pontualidade, bom desempenho musical, bom desempenho escolar, bom relacionamento em grupo, persistência e responsabilidade.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document