sexta-feira, 29 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Quarentena obriga dentistas a atenderem apenas emergências

Quarentena obriga dentistas a atenderem apenas emergências

Matéria publicada em 3 de abril de 2020, 20:17 horas

 


Restrições devido à pandemia do coronavírus paralisa parte das atividades dos dentistas
(Foto: Arquivo)

Volta Redonda– Desde que as recomendações de permanecer em quarentena passaram a serem determinados por órgãos públicos, os dentistas ficaram impossibilitados de exercer de forma completa suas atividades. De acordo com a ortodontista, Roberta Sanches Valentin, que também atua como clínico geral, a pandemia do novo coronavírus atrapalhou demais os profissionais de odontologia nos tratamentos que estão em andamento e principalmente no lado financeiro, pois a grande maioria é autônoma.
– Também não nos encaixamos nessa faixa salarial onde terá ajuda de governo, e tem os custos altíssimos para manter um consultório funcionando e não estamos sendo amparados por ninguém – lamentou.
Apesar de estar seguindo os informes que o Conselho Federal de Odontologia está enviando, a dentista ressaltou que mesmo desmarcando os pacientes, tem tido algumas chamadas de emergência.
– Os atendimentos estão sendo eletivos e são consultas rápidas, tudo extremamente limpo e seguindo normas de biossegurança -como já era- sala de espera totalmente limpa, paciente chega, afiro a temperatura, estando ok ele faz bochechos com peróxido de hidrogênio 1% antes de iniciar o atendimento, lembrando que se ele for de risco ou tem algum sintoma do vírus ou teve contato com alguma pessoa que está contaminada ou com sintomas ele não pode ser atendido – explicou.
Segundo Roberta, os atendimentos são feitos depois que o paciente já foi medicado e mesmo assim segue com sintomas.
– Acredito que o nosso contato com os pacientes é muito íntimo e direto com a cavidade oral, e como sabemos que o vírus se aloja nas vias aéreas superiores fica bem complicado de trabalhar, assim acho que estamos entre os profissionais que corre maior risco – opinou.
Já a dentista Carolina da Rocha Pinto, especialista em endodontia, implantodontia e cursando especialização em HOF (Harmonização Orofacial), afirma que não vê este tempo de quarentena como perdido.
– Estou vendo nesse tempo de quarentena um momento para me reinventar. Estou estudando, fazendo cursos on-line que antes não tinha tempo. Então não me atrapalhou. Meus pacientes vão ter uma profissional mais capacitada depois desse tempo. Também suspendi todos os atendimentos possíveis. E só atendo algumas urgências. Nesses 18 dias que estou em quarentena fui fazer uns três atendimentos somente. Mas sigo todas as recomendações dos órgãos competentes, e uso todos os EPIs (equipamentos de proteção individual) recomendados. Faço a limpeza de tudo, e quando chego em casa deixo a roupa em local separado e sigo direto para o banho – esclareceu.
Na opinião da dentista Carolina, como em sua profissão, todos lidam diretamente com a boca, ela acredita que o risco de contaminação é bem maior. Segundo a profissional, a proximidade é muito grande entre paciente/profissional. E o aerosol criado pela caneta de alta rotação (motorzinho) aumenta a propagação do vírus no ambiente, caso o paciente seja portador do vírus.
– O conselho Regional de Odontologia (CRO) não proibiu o atendimento, o último decreto do governador nos permite atender. Mas o conselho pede que tenhamos o bom senso nesses atendimentos, e pede que tratamentos eletivos (sem urgência) sejam reagendados para uma época mais segura. E concordo com isso. Quanto menos nos expusermos maior a chance de tudo ficar bem em um menor tempo – concluiu.

Por Júlio Amaral 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Avatar

    Manutenção de aparelho dentário não é emergência né?

  2. Avatar

    Urgência pode urgência pode

  3. Avatar

    Só louco que vai pra dentista em época de coronavirus. Aquela maquininha gera aerossol que fica por horas no ar, e tem pacientes assintomáticos. Enquanto o dentista tá vestido de astronauta os pacientes com a boca aberta inalando aerossol.

    • Avatar

      Não irmão, nada haver, tem dor de dente que deixa o cara sem poder fazer nada e não tem remédio pra amenizar.

  4. Avatar

    O problema do virus sao dois é q ele mata as pessoas de pobreza depois de fome

Untitled Document