domingo, 19 de maio de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Quatis reforça campanha contra dengue, chikungunya e zika

Quatis reforça campanha contra dengue, chikungunya e zika

Matéria publicada em 14 de maio de 2019, 19:08 horas

 


Secretários, servidores, agentes de saúde e estagiários participam da ação
(Foto: Divulgação)

Quatis- A secretaria de Saúde reforçou na manhã desta terça-feira (14), nos bairros situados acima da linha férrea, a ação educativa contra a dengue “10 minutos salvam vidas”. O reforço percorreu os bairros São Benedito, Santo Antônio, Nossa Senhora do Rosário, Santa Bárbara e Jardim Independência, entre outras comunidades. A secretaria de Saúde informou que planeja estender a mesma campanha educativa para os bairros situados na área central da cidade.
A iniciativa é promovida pelo governo do Estado do Rio de Janeiro, em parceria com as prefeituras, visando orientar os moradores quanto aos procedimentos que devem ser adotados para diminuir os riscos de formação de focos do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.
A ação educativa, cujo ponto de concentração foi a antiga estação ferroviária da cidade, teve as participações do secretário de Governo, Adriano Palma Veras; da secretária executiva do gabinete do prefeito Bruno de Souza (MDB), Natália Fonseca; da coordenadora da secretaria de Saúde, Cleonice Ramos; de agentes de saúde; servidores de outras pastas; e de estagiários que atuam na prefeitura através de um convênio com o CIEE (Centro Integração Educação Escola).

’10 minutos contra a dengue’

Os moradores receberam folhetos informativos em suas casas, com orientações para reservar pelo menos dez minutos da semana às medidas de prevenção contra a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Entre os procedimentos orientados pela campanha estão os seguintes:
*Manter caixas d’água, galões, tonéis, poços e tambores bem vedados;
*Limpar totalmente as calhas;
*Guardas pneus sem água e em lugares cobertos;
*Deixar garrafas vazias e balde com a boca para baixo;
*Usar areias em pratos dos vasos de prantas;
*Não deixar água acumulada em bromélias e outras plantas;
*Tratar com frequência a água de piscinas e fontes;
*Manter fechados os vasos sanitários que não estejam sendo utilizados;
*Limpar e evitar água parada em bandejas de ar-condicionado e de geladeiras.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document