terça-feira, 26 de outubro de 2021 - 12:39 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Região terá ‘Dia D’ de vacinação contra HPV

Região terá ‘Dia D’ de vacinação contra HPV

Matéria publicada em 30 de junho de 2017, 17:22 horas

 


Sul Fluminense – A região terá o Dia D contra HPV neste sábado, dia 1º. Em Barra Mansa, todos os postos de saúde do município estarão abertos das 8h às 12h. No município de Volta Redonda a HPV quadrivalente estará disponível em todas as unidades de Saúde e de Saúde da Família para adolescentes meninos de 11 a 14 anos e meninas de 9 a 15 anos. Os usuários devem procurar sua unidade de referência, de 8h às 17h, portando o cartão de vacina.

Em Quatis a imunização acontecerá de 8 às 17 horas, nos módulos do Programa Saúde da Família dos bairros Nossa Senhora do Rosário, Mirandópolis, Jardim Independência e Jardim Pollastri, além da Casa da Criança, que se localiza próximo ao Hospital São Lucas. Haverá ainda uma unidade volante para atender as comunidades rurais de São Joaquim, Santana e Campo Alegria. As doses vão ser aplicadas de 8 às 17 horas.

De acordo com a coordenadora do Setor de Imunização de Barra Mansa, Marlene Fialho, o calendário do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde sofreu modificações este ano, com a inclusão das vacinas HPV Quadrivalente para meninos de 11 a 14 anos e da vacina Meningocócica C para adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 12 e 13 anos.

“O objetivo da campanha é oferecer ao adolescente maior proteção contra várias doenças. É importante que eles levem a caderneta de vacinação ao posto para ser atualizada”, destacou.

HPV

A imunização contra o HPV pode ajudar na prevenção do câncer. Entre os anos de 2016 e 2017, mais de 16 mil novos casos de câncer de colo de útero devem ser registrados no Brasil e, na maioria deles, a principal causa será o vírus HPV, segundo informações do Ministério da Saúde. O vírus pode provocar também casos de câncer de pênis, ânus e garganta.

A vacina é aplicada em duas doses com um intervalo mínimo de seis meses e máximo de 12 meses, entre a primeira e a segunda dose, tanto para meninos quanto para meninas. Meninas devem ser vacinadas dos 9 aos 14 anos de idade, e para os meninos, a faixa vai dos 11 anos aos 14 anos, 11 meses e 29 dias.

Marlene Fialho lembra que a vacina é segura e que os pais não devem ter medo de vacinar seus filhos. “Não há motivos para que os pais tenham receio. A imunização é segura e não oferece reações graves”.

A vacina contra HPV também é oferecida no município a homens e mulheres até 26 anos de idade, portadores do vírus HIV, transplantados e em tratamento de câncer. “Nesses casos é só procurar a Secretaria de Saúde. Existe um procedimento diferenciado de três doses para esse grupo”, destacou Marlene.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document