Residencial II Dom Waldyr Calheiros em Volta Redonda tem acessibilidade total

Por Diário do Vale
91 Visualizações

Volta Redonda

Na última sexta-feira (dia 20), o clima foi de alegria durante a entrega de 160 apartamentos no Residencial II Dom Waldyr Calheiros de Novaes, pelo programa federal Minha Casa, Minha Vida, realizado em parceria com o município. A cerimônia de inauguração contou com a presença do governador Luiz Fernando Pezão, do prefeito Antônio Francisco Neto, do bispo da Diocese Barra do Piraí-Volta Redonda, Dom Francisco Biasin, entre outros convidados.

O arquiteto Hermanes José Abreu, responsável pelo projeto na construtora Haec Congel Construções Gerais, que realizou a obra, afirmou que a acessibilidade nos projetos é uma preocupação constante da empresa, que sempre vai além da norma que define 3% de imóveis adaptados por projeto.

“A acessibilidade para cadeirantes é de 100% no Residencial II Dom Waldyr Calheiros. Esse direito da pessoa se locomover dentro dos apartamentos é uma concepção ainda nova de arquitetura moderna, que tem que ser respeitada e expandida em todos os projetos”, disse o arquiteto. Ele explicou que prevê até a colocação de elevadores nos edifícios do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida que a construtora realiza, para garantir essa opção, mas que a acessibilidade deve ser garantida para que os moradores cadeirantes, possam se movimentar dentro dos blocos, e nos pátios.

Hermanes cita ainda que a execução do programa federal depende muito da vontade dos governantes municipais, principalmente, que devem criar uma situação favorável da administração municipal que deseja expandir a sua estrutura habitacional. “Volta Redonda, com toda a sua infraestrutura, facilita esse setor de investimentos e serve como exemplo para outros municípios, que com determinação devem buscar uma solução para a habitação nas suas ações políticas”, salientou.

Vida melhor – A alegria dos moradores em receber as chaves da casa própria foi motivo de comemoração. “Eu já até paguei a minha primeira prestação, de R$ 25”, diz Ana Cristina Germano Finoti, desempregada, com a filha Analice de 1 ano e 6 meses no colo. Ela elogiou o programa federal, mas ressaltou que muitas pessoas ainda poderão ser incluídas na conquista do sonho da casa própria. Outro morador contemplado no Residencial II Dom Waldyr Calheiros, Flávio Lopes Souza, apontou que o programa federal o tirou do aluguel de R$ 450, que iria subir para R$ 550. “Recebi uma casa para viver, que será da minha família no final dos pagamentos”, afirmou.

A cuidadora de idosos, Sonia Estevão de Souza, 50 anos de idade, também selecionada pelo programa através da Smac (Secretaria Municipal de Ação Comunitária) e Caixa Econômica Federal, disse que não tem como medir o benefício da casa própria que recebeu. “Eu acho este programa muito bom porque eu estou desempregada, 50 anos de idade, morando de favor, onde iria conseguir uma casa própria?”, questionou Sônia, que vai morar junto com a filha, Vitória Cristina, de 12 anos, saindo do bairro Santo Agostinho. O pedreiro Sebastião Gomes Neto, de 64 anos, era só felicidade. Ele aguardava a vez de ser chamado pelos agentes da Caixa Econômica para receber as chaves, ao lado da filha Érica Aparecida de Souza Oliveira, 27 anos, e expressou com entusiasmo a proximidade da conquista da casa própria. “Eu estou com 64 anos e nunca tive uma casa para chamar de minha casa”, comemorou.

Na inauguração dos apartamentos, o bispo, o superintendente, o prefeito, o governador não esqueceram de pedir aos novos mutuários selecionados para cuidar bem dos apartamentos novos que receberam.

 

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996