terça-feira, 12 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Restaurante Popular de Volta Redonda celebra ‘Dia Mundial da Alimentação’

Restaurante Popular de Volta Redonda celebra ‘Dia Mundial da Alimentação’

Matéria publicada em 16 de outubro de 2019, 16:45 horas

 


Usuários da unidade recebem orientação nutricional enquanto almoçam

Restaurante popular de Volta Redonda fez diversas atividades de educação alimentar e nutricional
(Foto: Pollyanna Moura)

Volta Redonda – Nesta quarta-feira (16) é comemorado o Dia Mundial da Alimentação, celebrado em mais de 150 países, como uma importante data para conscientizar a opinião pública sobre questões relativas à nutrição e à alimentação. Por causa da data, foram realizadas nas dependências do restaurante popular de Volta Redonda, localizado no bairro Aterrado, na tarde desta quarta-feira, diversas atividades que visam promover educação alimentar e nutricional para todos os usuários, através de uma parceria entre membros da Smac (Secretaria Municipal de Ação Comunitária) de Volta Redonda, funcionários do estabelecimento e membros do governo do Estado.

Segundo Cristiane Seabra, coordenadora de segurança de alimentos da Smac, a ação é resultado de uma parceria entre todos os envolvidos e visa atender da melhor forma, todos os usuários que são atendidos diariamente na unidade.

– Três representantes do governo do Estado estão aqui, hoje. Estamos promovendo diversas atividades que envolvem ensinamentos sobre o combate ao desperdício, aproveitamento integral dos alimentos e ensinado, através de dicas, como os usuários podem montar sua própria horta em casa.

De acordo com a nutricionista, Diana Mota, na unidade, todos os alimentos são preparados cautelosamente, sem temperos industrializados e com auxílio de três nutricionistas.

– Os alimentos são selecionados e as refeições são preparadas com pouca adição de sal. Atendemos muitos usuários diariamente e como muitos são idosos e apresentam algum tipo de patologia, como hipertensão ou diabetes, realizamos esse controle. Esse trabalho tem uma importância social. As refeições são balanceadas, preparadas com alimentos saudáveis, com muitas verduras, legumes e proteínas. São equilibradas e com preços acessíveis – comentou.

Leandro Torquato, é coordenador de Programas de Segurança Alimentar da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, e esteve presente na unidade de Volta Redonda, para acompanhar as atividades.

– Cento e cinquenta países estão comemorando essa data. São feitas ações e rodas de conversas sobre o nosso dia a dia, inclusive sobre questões relacionadas ao desperdício e melhor aproveitamento dos alimentos. Todo ano, um calendário estadual é preparado, em comemoração a essa data, e diversas ações são feitas durante toda a semana. Fizemos um mapeamento, em parceria com o CONSEA-RJ e a CAISAN-RJ, em todo o estado para rastrear as ações e programação que estão acontecendo na Semana Mundial de Alimentação; e por termos identificado que Volta Redonda é um deles, por ter um restaurante popular e uma coordenadoria ativa e que atende muitas pessoas, resolvemos vir aqui, hoje. Outros municípios também estão recebendo esse atendimento simultaneamente – comentou, ressaltando que a ideia do projeto é realizar uma roda de conversa com os usuários do restaurante, com o auxílio de uma equipe técnica de nutricionistas, para falarem sobre o tema.

O coordenador ressaltou a importância da parceria entre o estado e município: “É importante a gente mostrar que o estado e o município estão juntos nessa possibilidade de ação. A gestão do restaurante é municipalizada e tem o nosso apoio para que a política de segurança alimentar seja fortalecida. Ainda que hoje, a ação tenha sido sobre esse tema, tivemos a oportunidade de, também conversar sobre outras campanhas que podem ser desenvolvidas aqui. A gente pode discutir assuntos muito importantes que envolvem o cenário nacional. Trocamos experiências e tocamos em questões que envolvem a pobreza e como a gente pode estar evitando o desperdício”, destacou.

As refeições

O restaurante disponibiliza diariamente, 600 cafés da manhã e 1.500 almoços, de segunda a sexta-feira, com o desjejum de 6h às 9h e almoço de 10h30 às 14h30. Pessoas que são cadastradas e assistidas pelo Centro Pop, em Volta Redonda, em situação de vulnerabilidade, têm o direito à gratuidade dos serviços na unidade.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document