segunda-feira, 24 de janeiro de 2022 - 19:40 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Saae-VR passa a reutilizar a água para serviços de jardinagem pública

Saae-VR passa a reutilizar a água para serviços de jardinagem pública

Matéria publicada em 18 de agosto de 2021, 13:13 horas

 


De acordo com a autarquia, a água é utilizada como parte do processo de tratamento em uma das suas maiores estações de tratamento de esgoto, a ETE Santa Cruz -Foto; Divulgação PMVR.

Volta Redonda- O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda (Saae-VR) encontrou uma forma para reaproveitar a água de seus afluentes e desde então vem colocando em prática um projeto de soluções sustentáveis, com base em estratégias para o reaproveitamento ou reuso da água para realizar serviços de jardinagem pública.

De acordo com a autarquia, a água é utilizada como parte do processo de tratamento em uma das suas maiores estações de tratamento de esgoto, a ETE Santa Cruz.

Quem explica essa opção é o presidente do Saae-VR, engenheiro Paulo Cezar de Souza, o PC:

“Estamos empenhados nessas ações por entendermos ser este o caminho da sustentabilidade. Neste sentido, nos reunimos e pensamos no reaproveitamento das águas de efluentes. E considerando o decreto que dispõe sobre a Política de Reuso de Água para fins não potáveis no âmbito do estado do Rio, identificamos a importância do reaproveitamento dos efluentes tratados para atividades que necessitam consumir água em sua execução diária, podendo utilizar água de qualidade inferior aos padrões de potencialidade”, justificou PC.

O projeto sustentável

De acordo com a direção do Saae-VR, essa água tratada está sendo usada pelos funcionários da ETE Santa Cruz para a irrigação de áreas verdes, limpeza de equipamentos, molhar as árvores e jardins no entorno da estação, limpar as grades da unidade, a caixa de areia, a calha, molhar o pátio externo, desobstrução de redes coletoras e aguar jardins públicos. A água de reuso vem sendo utilizada para atividades que exigem qualidade de água não potável, mas sanitariamente segura.

O projeto foi desenvolvido em duas etapas: a primeira etapa foi  a escavação da vala para a elaboração da fundação e assentamento do tanque de água de reuso. A segunda etapa foi a montagem de uma unidade de filtração, por onde a água de reuso passa antes de chegar ao tanque de reservação.  A partir da caixa de água de reuso ou reservatório que é feito o bombeamento da água para as demais seções.

A água bombeada passa por uma caixa de cloração com a finalidade de melhorar o tratamento, promovendo a desinfecção, isto é, a inativação dos organismos patogênicos. O cloro tem se mostrado um agente eficaz na desinfecção. Toda água de reuso passa por análise no laboratório do Saae-VR, minimizando o consumo de água potável no local, reduzindo o custo interno da autarquia e agregando valor sustentável à prática cotidiana.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Parabéns ao pessoal do SAAE pela iniciativa. Nessa cidade é quase impossível prestar um bom serviço público, em razão da baixa qualidade dos seus governantes

Untitled Document