terça-feira, 10 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Samu e Corpo de Bombeiros terão ‘linha direta’ em Volta Redonda

Samu e Corpo de Bombeiros terão ‘linha direta’ em Volta Redonda

Matéria publicada em 16 de agosto de 2015, 14:23 horas

 


Objetivo é garantir um melhor atendimento à população de Volta Redonda e até Pinheiral (foto: Melissa Carísio)

Objetivo é garantir um melhor atendimento à população de Volta Redonda e até Pinheiral (foto: Melissa Carísio)

Volta Redonda –  Uma reunião realizada na sexta-feira (14) entre representantes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e do Corpo de Bombeiros de Volta Redonda definiu que os órgãos terão uma linha direta e exclusiva de comunicação na cidade. Isso facilitará nos atendimentos à população, tornando-os mais eficazes.

O coordenador de enfermagem e responsável operacional do Samu, José Luiz da Silva, esclareceu que diferente do que foi noticiado por alguns veículos de comunicação, os órgãos trabalham em conjunto e essa linha direta de comunicação entre eles vai beneficiar, e muito, a população.

– Foi divulgado pela mídia que houve um confronto entre o Corpo de Bombeiros e o Samu. Essa informação não é verdadeira, não existe nenhum conflito entre as partes. Os nossos trabalhos funcionam em conjunto e estamos buscando alternativas para que haja um fluxo de melhor atendimento. Para que a população não fique de forma alguma desassistida – garantiu José Luiz.

Além da linha exclusiva, ficou decidido que os encontros entre o Samu e o Corpo de Bombeiros terão maior periodicidade, mas os atendimentos ocorrerão da mesma forma que são atualmente.

– Os atendimentos domiciliares serão mantidos pelo Samu. As urgências mais graves, como acidentes de trânsito, esfaqueamentos, tentativas de suicídio e vítimas de armas de fogo continuarão sendo feitas por nós. Porém, caso o Samu não possa ir até o local, nós iremos atender, desde que seja emergencial – disse a major do Corpo de Bombeiros de Volta Redonda, Danielle Bomfim.

José Luiz explicou como funcionará o acordo entre o Samu, Corpo de Bombeiros e o Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública).

– Em caso de emergência, nós acionaremos os Bombeiros e caso a população necessite da orientação de um médico, eles ligarão para a gente. Nós temos plantonistas disponíveis durante 24h para dar orientação, caso necessário. Muitas vezes, a pessoa não precisa de ambulância nem de ir até uma unidade hospitalar, que sempre está lotada, só de tirar algumas dúvidas que podem ser esclarecidas pelo telefone, através do 192. Também formamos um convênio com a Prefeitura de Volta Redonda, em que as ambulâncias do Ciosp estarão disponíveis para atendimentos eletivos, mas que serão regulados por nós – explicou José Luiz.

O Samu Volta Redonda possui três ambulâncias para atendimentos de urgência na cidade e também em Pinheiral. No total, são 20 ambulâncias disponíveis para todo o Médio Paraíba.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document