Samuca se reúne ex-funcionários do Restaurante Popular - Diário do Vale
terça-feira, 21 de setembro de 2021 - 11:55 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Samuca se reúne ex-funcionários do Restaurante Popular

Samuca se reúne ex-funcionários do Restaurante Popular

Matéria publicada em 29 de março de 2018, 19:24 horas

 


Prefeito solicitará que antigos funcionários sejam aproveitados pela nova empresa que administrará o restaurante

Aproveitados: Em Reunião, Samuca firmou o compromisso de solicitar que antigos funcionários sejam aproveitados - Paulo Dimas

Aproveitados: Em Reunião, Samuca firmou o compromisso de solicitar que antigos funcionários sejam aproveitados – Paulo Dimas

Volta Redonda – O prefeito Samuca Silva, recebeu na quarta-feira(28), os ex-funcionários do antigo Restaurante Popular do município, que foi fechado há dois anos, em 2016. No encontro, o chefe do Executivo disse que solicitará à nova empresa que administrará o restaurante, que os ex-funcionários sejam reaproveitados nessa nova fase.
– Time que está ganhando não se muda. Indicarei vocês (ex-funcionários) à empresa que vencer a licitação porque vocês têm experiência e sabem como funciona o local, além de terem realizado um excelente trabalho – salientou Samuca Silva. A reunião com os ex-funcionários foi um pedido do presidente da Câmara Municipal de Volta Redonda, Washington Granato, e do assessor especial Fernando Garcia, o Samuquinha.
No encontro, que aconteceu no gabinete do prefeito, Samuca Silva divulgou é que as obras da reforma do prédio devem terminar ainda no primeiro semestre. Além disso, o processo de licitação para a empresa que administrará o restaurante já está em andamento e a previsão é que o local comece a funcionar em setembro ou outubro de 2018.
– Agora o restaurante é da prefeitura de Volta Redonda e não mais do Governo do Estado. Mesmo com a crise econômica do Rio de Janeiro e do país, vamos reabrir, pois trata-se de uma ação social de muita importância para Volta Redonda. Isso só foi possível porque estamos realizando um choque de gestão, nos gastos públicos, economizando gasolina, veículos e gastos desnecessários – afirmou Samuca Silva.
No encontro, o presidente da Câmara agradeceu ao Samuca Silva pelo empenho de retomar o projeto do restaurante: “Quero agradecer publicamente ao prefeito por esse compromisso social com a cidade e os ex-funcionários”, disse Granato.
A previsão é que o novo restaurante sirva diariamente 1,5 mil almoços e 600 cafés da manhã. Orçado em cerca de R$ 100 mil por mês, através da secretaria municipal Ação Comunitária. O Restaurante Popular foi criado pelo Governo Estado e municipalizado posteriormente através de projeto de lei, de autoria do vereador Washington Granato, aprovado pela Câmara de Vereadores.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

16 comentários

  1. SÓ TENHO PRA DIZER PARABÉNS AO PREFEITO SAMUCA PELO FEITO SE FOR REALMENTE FEITO! E QUE TODOS TENHAM DIREITO DE ALMOÇAR POIS PAGAMOS MUITOS IMPOSTOS SÓ PRA ALGUMAS PESSOAS DESFRUTAREM. FORA QUE NÃO VAI SER DE GRAÇA!!!!!!

  2. Não sou contra o restaurante popular.
    Porém deve ser frequentado por pessoas que realmente necessitam .
    Tem que cadastrar essas pessoas.

  3. Concordo com Capivara 2,inclua no cardápio “TIMcomofritocomrabada”

  4. Gostaria que ele olhasse com bons olhos
    para nós das autarquias que estamos
    tentando fazer um empréstimo
    consignado e não conseguimos
    porque sr prefeito?
    Afinal somos concursados
    como qualquer funcionário
    da prefeitura
    pois quando era o prefeito
    antigo o direito era para todos
    voce sr prefeito tem que fazer
    mais por nós , para que um dia
    voce fica bem afamado
    assim como o antigo prefeito
    as cartas estão na sua mão .

  5. Platão, o Filósofo

    Sr. prefeito, não sei de quem é a competência, mas quero vir informar que existem muitos locais, escolas, inclusive, onde ainda que se encontram até hoje placa do governo Neto. Isso mesmo! É estranho! Por ex., a escola municipal Pinguinho de Gente, lá no Monte Castelo, assim outras escolas continuam a exibir em sua entrada a placa da administração do Neto. O senhor não acha isso muito estranho?

  6. Quando eu morava em Volta Redonda fui muitas vezes nesse restaurante. Aqui no Nordeste tem mas não serve café da manhã.

  7. Parabens Prefeito Samuca! Caso esse restaurante seja de fato reaberto sera um grande feito. O povo clama pelo social.

  8. Exelenticimo prefeito de Barra Mansa,gestão de governo é assim que se faz não abrindo um DPO.
    O barramansense merece ver o resgate do restaurante Irmã Ruth,abre uma nova fonte de trabalho,resgate social,quem sabe uma área rural para produzir alimentos para este restaurante.renda e trabalho.

  9. Senhores, e caríssimo Prefeito! É sempre bem vindo qualquer projeto que ofereça Saúde, segurança e qualidade de vida para a população, Mas POR FAVOR, para ter sucesso na reabertura do Restaurante Popular, faça um cadastro das pessoas que realmente precisam Almoçar ao custo Popular! Existem muitos oportunistas e Vigaristas também, que vão até de Honda Civic, estacionam em frente ao restaurante e almoçam, isso é um Absurdo, entre outros aposentados e pensionistas que ganham acima de 2 salários mínimos e ainda tem outros rendimentos, e também tomavam café e almoçavam todos os dias da semana! Ai sim esse seria o objetivo e ajuda aos que mais precisam, desejamos sucesso nessa gestão!

    • É isso aí Araujo. Concordo com vc. Esse restaurante popular é para os pobres sem emprego, ou os que ganham um SM, ou um pouquinho mais. Infelizmente existem aproveitadores para tudo. É só a PMVR cadastrar e emitir carteirinha para os frequentadores que realmente necessitam. Infelizmente a maioria dos brasileiros são caras de PAU. O mesmo problema está no cartão do Idoso para uso do estacionamento gratuito. Estou cansado de ver gente na faixa de 30 anos usando ( possivelmente ) o cartão do PAI e estacionando na vila de graça. Até peão da CSN de uniforme já vi fazendo isso. Não tem fiscalização nenhuma. Outra coisa se o estacionamento é rotativo, não pode colocar o carro as 8 da matina e tirar por volta de 17 ou 18 hs. Tá tudo errado.

    • discordo..almoça quem quiser..afinal nao é de graça..é pago

    • Concordo com o Araújo. Sugiro que quando o restaurante voltar a funcionar, inclua no cardápio “capivara frita”.

    • Almoça lá quem quer, pois se este restaurante “popular” existe é porque o povo pagou e paga impostos antes mesmo de ver teu salário. Pq pagar mais caro se tem a grande oportunidade de pagar menos. Portanto o capivara tá certo. Não é de graça nem está tirando a oportunidade de ninguém.

  10. Sérgio Venancio da Silva

    Aceitem ou não, este administrador está calando todos aqueles que anteveram uma péssima administração.

    • Também acho. Samuca não esta pintando meio fio ou colocando vaso de planta em poste. Samuca esta fazendo intervenções importantes. Já são 2 hospitais e agora o restaurante popular. O neto que era amigo do pezao deixou um legado pequeno. Gastou com shows no 9 de Abril, casinha do baralho, inaugurou arena olímpica completamente inacabada

  11. Nas últimas eleições presidenciais apareceu um vídeo do Garotinho junto com a Dilma Roussef almoçando num restaurante popular…. Logo que ela foi eleita, os restaurantes começaram a fechar um atrás do outro e o que fez Garotinho?!
    Não viu nada, não soube de nada, não criticou a Dilma Roussef….
    E , agora, no ano de 2018 o Garotinho vai querer meu voto?!
    Como diria Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!”…..

Untitled Document