terça-feira, 19 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / São Geraldo, em Volta Redonda, ganha novo Centro Municipal de Educação Infantil

São Geraldo, em Volta Redonda, ganha novo Centro Municipal de Educação Infantil

Matéria publicada em 12 de julho de 2016, 11:33 horas

 


Novo Centro é fusão da creche Doce Mel e do CMEI Cinderela; investimento é de mais de R$ 2 milhões

centro municipal

Ampliação: Unidade agora oferece 600 vagas
(Foto: Divulgação/PMVR)

Volta Redonda – As obras de reconstrução do Centro Municipal de Educação Infantil Elza Costa Figueiredo, no bairro São Geraldo já foram concluídas pelo governo municipal e a nova unidade será inaugurada na quinta-feira (14), às 10h. A nova unidade vai aumentar de 114 vagas para 600 o número de vagas da rede municipal de ensino no bairro, atendendo às reivindicações da comunidade. Com a reforma e o acréscimo, a escola passará a contar com 25 turmas, aumentando em 452 o número de vagas da unidade. O investimento é de R$ 2.468.195,13, com recursos do próprio município.

A nova unidade vai contar com 12 salas de aula, solário, lactário, berçário, escovódromo, depósito de brinquedos, duas salas de banho (uma masculina e outra feminina), uma sala de estimulação, sala de reunião, brinquedoteca, biblioteca/sala de leitura, sala de vídeo, sala de informática, refeitório, cozinha, pátio interno e externo, banheiros masculino e feminino com acessibilidade. Segundo informou a secretaria municipal de Educação, Therezinha dos Santos Gonçalves Assumpção, a Tetê, lembrando que a antiga unidade tinha somente sete salas de aulas.

– Transformamos duas escolas pequenas em uma grande escola. Além de aumentar o número de vagas a nova unidade contará com um berçário que poderá atender 24 crianças – explicou Tetê, que completou: “É importante dizer que durante as obras a nossa equipe se empenhou para manter a qualidade do ensino oferecido pela escola. E não teríamos êxito se a comunidade e toda equipe da escola não estive do nosso lado”.

Para a cabeleireira Hyvna Jana Paula dos Santos Oliveira, 31 anos, que tem uma filha de 5 anos, essa é a realização de um sonho antigo. “Estamos esperando há muito tempo por essa obra e essa é uma conquista muito grande para o bairro. Temos que comemorar mais esse investimento que foi feito em nosso bairro”, disse Hyvna.

Quem concorda com ela é a dona de casa Alice Lemes de Oliveira, 40 anos, que afirma que a escola será uma grande conquista para as famílias do bairro. “É muito bom saber que as crianças do nosso bairro terão uma escola com essa qualidade. Isso, com certeza, influencia muito na aprendizagem”, disse a dona de casa.

A professora Cristiane da Silva Soares, 34 anos, que tem um filho de 5 anos, destaca que a nova unidade tem um padrão igual às escolas privadas de Volta Redonda. “O investimento em educação é o princípio básico na formação dos cidadãos e quando vemos que o poder público investe em educação em nosso município, é preciso comemorar. E investir em educação infantil, é cuidar de toda a vida escolar de um aluno, uma vez que ela é a base de todo o resto”, concluiu a professora.

Balanço

Entre 2009 e 2015 o governo municipal investiu R$ 50.821.589,25 com obras em 23 escolas do ensino fundamental e 20 escolas do ensino infantil, incluindo rede municipal e a Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda). Nesse período foram gastos mais de R$ 25 milhões com obras em 18 escolas municipais de Ensino Fundamental; cerca de R$ 19,3 milhões foram investidos em 20 unidades de Educação Infantil; Cinco escolas do Ensino Fundamental receberam mais R$ 6,4 milhões.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    Pela conclusão de uma obra se arrastou por muitos anos, Parabéns! Será que não há equivoco no valor dessa REFORMA??

  2. Avatar

    Muito lindo!!!Agora só falta dar salários dignos para que os funcionários trabalhem satisfeitos… mas tá dificil…com uma cesta básica a 115 reais desde o governo Gothardo (que deu o ultimo reajuste)a única coisa q resta ao funcionário público de VR é passar fome.

  3. Avatar

    Enquanto as notas dos estudantes das escolas modestas do Ceará e Pernambuco estão bem posicionadas no IDEB, em VR as notas das escolas de paredes lindas estão a desejar no IDEB.

  4. Avatar
    Saulo da Prefeitura

    Parabéns a todos os envolvidos e que os alunos e pais usuários desse espaço saibam manter em perfeito estado de conservação mais esse espaço público.

Untitled Document