segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Secretaria de Saúde de Volta Redonda inicia curso para Cuidador Familiar de Idosos

Secretaria de Saúde de Volta Redonda inicia curso para Cuidador Familiar de Idosos

Matéria publicada em 15 de agosto de 2017, 20:26 horas

 


Capacitação é voltada para agentes comunitários, cuidadores das residências terapêuticas e comunidade

 Capacitação: Sessenta pessoas participaram da aula inaugural no campus do UniFOA, no Aterrado (Foto: Divulgação/Secom VR)

Capacitação: Sessenta pessoas participaram da aula inaugural no campus do UniFOA, no Aterrado (Foto: Divulgação/Secom VR)

Volta Redonda – O curso de Cuidador Familiar de Idosos, promovido pela Secretaria de Saúde de Volta Redonda, teve início nesta terça-feira (15), no campus do UniFOA (Centro Universitário de Volta Redonda), no Aterrado. A capacitação é voltada para os agentes comunitários de saúde que atuam nas unidades do Programa de Saúde da Família, para funcionários das Residências Terapêuticas e pessoas da comunidade. Ao todo, 60 pessoas participaram da aula inaugural.

– As aulas teóricas e práticas dão mais segurança e respaldo ao cuidador familiar. O objetivo é melhorar a qualidade de vida do idoso que é cuidado por parentes, em casa. Porém, sabemos da importância de capacitar também nossos funcionários que atuam com pacientes idosos que necessitam de ajuda temporária ou permanente para o desenvolvimento de suas atividades diárias – disse o secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto.

O prefeito Samuca Silva (Podemos) reforçou a importância do curso.

– A população mundial está envelhecendo e a idade avançada pode favorecer o aparecimento de doenças que impedem o idoso de executar tarefas simples do dia a dia como andar, se vestir, ir ao banheiro sozinho. Temos que nos preparar para essa situação, seja um membro da família ou um dos nossos servidores da Saúde – afirmou Samuca.

A técnica de enfermagem Cristina de Araújo atua como cuidadora na Residência Terapêutica do bairro São Luiz há três anos e sempre quis fazer o curso.

– Trabalho com pacientes da Saúde Mental e nem sempre são idosos, mas a maioria deles apresenta as mesmas dificuldades e limitações. Espero poder executar minha função com mais conhecimento – disse.

A agente comunitária de Saúde, Mariana Dias, está pensando na capacitação profissional e no cuidado com familiares.

– Como agente de saúde tenho que visitar e acompanhar pacientes com doenças incapacitantes e até orientar os familiares no cuidado com eles em casa, além disso, estou com dois avós acamados que precisam da minha ajuda – contou Mariana.

As vizinhas Valéria França Ferreira e Rosângela Santos, do bairro Vista Verde, estão no curso para cuidar de familiares com mais segurança.

– Estou cuidando do meu pai e quero aprender mais para que ele fique o mais confortável possível com as limitações que apresenta – disse Valéria.

O curso vai até 1º de dezembro. A parte teórica será as terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30, no UniFOA, campus Aterrado. E as vivências práticas serão realizadas no Centro de Atendimento para Pessoa Idosa com Alzheimer e Familiares, no Jardim Paraíba; Centro Dia de Atendimento à Pessoa Idosa, no bairro Nossa Senhora das Graças; na Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI), no Dom Bosco.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document