Secretarias municipais levam projetos culturais à 5ª Bienal do Livro de Volta Redonda

Serão disponibilizados livros, espaço para leitura e óculos de realidade virtual durante o evento na Ilha São João, em abril

by Otávio de Paiva

Foto: Divulgação – Secom/PMVR

Volta Redonda – As Secretarias municipais levarão diversos projetos para a 5ª Bienal do Livro de Volta Redonda, que acontece entre os dias 4 e 7 de abril, na Ilha São João. As participações serão feitas com representantes, exposições e ações durante o evento, que tem entrada franca. Com o tema “Gentileza gera gentileza”, a edição deste ano será realizada pelo Instituto Dagaz em parceria com a prefeitura e outras instituições, e vai oferecer diversas atrações do universo literário com acessibilidade, cultura e arte.

“Temos o papel de apoiar e incentivar a leitura e ações que promovam o acesso de todas as idades aos livros. A bienal já está se tornando uma tradição em nossa cidade e esperamos receber mais gente ainda neste ano. A prefeitura vai levar muita coisa boa para os visitantes”, afirmou o prefeito Antonio Francisco Neto.

Cultura

A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) estará presente com um estande para fazer cadastro de novos usuários e empréstimo de livros da Biblioteca Municipal Raul de Leoni, e levará livros da Biblioteca do Memorial Zumbi para os visitantes poderem ler no espaço destinado para os apreciadores da literatura.

Durante a Bienal do Livro, a Cultura também vai apresentar aos visitantes o projeto Biblioteca Sobre Rodas, que consiste em uma van que está sendo adaptada para se transformar em uma biblioteca itinerante e espaço para contação de histórias.

“E, a partir de maio, a gente começa a visitar os bairros periféricos da cidade para fazer distribuição, troca de livros e contação de história, apresentando também autores de Volta Redonda”, explicou o secretário municipal de Cultura, Anderson de Souza, que vai participar da bienal como palestrante.

Anderson explica que, como o tema da bienal é “Gentileza gera gentileza”, ele fará um painel, uma palestra falando sobre os escritores urbanos, já que o tema é do profeta Gentileza, um escritor urbano que escrevia as mensagens nos viadutos do Rio de Janeiro.

“E os grafiteiros são conhecidos como escritores urbanos. Então estarei falando desse trabalho dos escritores urbanos, como que isso é realizado, e como transforma o visual da cidade, como impacta também na vida das pessoas. Além disso, vou aproveitar para falar do nosso projeto de ocupação urbana, através desses escritores urbanos, e através também do nosso projeto ‘Poesia & Ponto’, que é espalhar poesia para as áreas públicas da cidade, nos pontos de ônibus e áreas urbanas”, explicou Anderson.

Foto: Divulgação – Secom/PMVR

Turismo, Artesanato e Inovação com Tecnologia

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET), por meio da Diretoria de Turismo, vai levar à bienal informações turísticas, city tour virtual e contará com a participação do projeto Arigó de Artesanato.

Quem visitar o estande, além de informações sobre a cidade, poderão acessar um QR code para fazer um tour virtual com o Roteiro Caminhos da Vila, que reúne elementos da cidade que contam a história por meio do Patrimônio Industrial.

O Projeto Arigó estará presente com a venda de souvenires que tem como tema a cultura, história e paisagem de Volta Redonda e que celebram a memória dos trabalhadores, criando peças que valorizam a identidade local.

Além disso haverá o espaço “Saberes do artesanato” – uma programação com demonstração de técnicas de artesanato, em que artesãs que integram o projeto estarão confeccionando peças em tempo real.

“Se programe para conhecer um pouco mais da riqueza de saberes do artesanato de Volta Redonda. É uma oportunidade incrível de ver o processo de criação acontecendo ao vivo, e ainda ter a oportunidade de ampliar conhecimentos, conhecendo técnicas de artesanato variadas”, disse a diretora de Turismo da SMDET, Débora Cândido.

Inovação e tecnologia – O Vírgula Hub de Inovação VR também estará presente na Bienal do Livro de Volta Redonda. Durante o evento, o público poderá aproveitar jogos e vídeos em óculos de realidade virtual, além de um totem interativo.

Saúde

Os visitantes da bienal também terão acesso à vacinação que será realizada por profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). De acordo com a enfermeira Débora Rossignoli, que faz parte do Núcleo de Eventos da SMS, em todos os dias do evento haverá uma equipe com um enfermeiro e dois técnicos de enfermagem no posto de saúde localizado na Ilha São João.

Estarão disponíveis vacinas contra HPV, ACWY (Meningite), Hepatite B, DP (Antitetânica), Influenza e Covid-19.
“No caso de qualquer intercorrência, teremos a disponibilidade de uma ambulância caso precise encaminhar o paciente para uma unidade de saúde”, explicou Débora.

Foto: Divulgação – Secom/PMVR

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996