quinta-feira, 14 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Seminário vai discutir segurança do paciente em Resende

Seminário vai discutir segurança do paciente em Resende

Matéria publicada em 23 de outubro de 2019, 19:33 horas

 


Evento acontecerá no auditório da Aciar na próxima terça-feira
(Foto: Carina Rocha- Secom PMR)

Resende- Práticas e Protocolos de Segurança, entre outros assuntos correlacionados, serão debatidos na próxima terça-feira, dia 29, no Curso de Segurança do Paciente, durante a XXVII edição do Seminário de Segurança e Saúde do Trabalhador. O evento é promovido pelo Cerest (Centro de Referência Especializado em Saúde do Trabalhador), em parceria com a prefeitura.
O evento será realizado no auditório da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Resende (Aciar), de 8h30 às 16h, com credenciamento dos participantes a partir das 8h. Ainda dentro da programação, acontecerá conjuntamente o III Seminário da Comissão Municipal de Gerenciamento de Risco Sanitário (Cmgrs), com palestras voltadas aos mesmos temas.
De acordo com a organização, o evento é voltado principalmente para equipes dos núcleos de segurança do paciente dos hospitais (nível superior) e gestores das unidades, mas representa também uma excelente oportunidade de capacitação para acadêmicos da área, assim como para informação de pessoas que tenham interesse no assunto.
– O objetivo é mobilizar e sensibilizar gestores e profissionais de saúde de nível superior, para a implantação das práticas de segurança do paciente na rede de Atenção à Saúde – ressaltou a coordenadora do Cerest Resende, Bruna Ettore.
Fruto de uma parceria entre o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – Cerest Resende e a Comissão Municipal de Gerenciamento de Risco Sanitário – Cmgrs, o evento é gratuito e deverá contar com a participação de 60 pessoas, que é a capacidade total do espaço onde o seminário será realizado.

A programação

08h30 – Início
Parte 1: Magnitude dos Eventos Adversos
Classificação Internacional de Segurança do Paciente
Fatores Contribuintes de Incidentes

Parte 2: Práticas de Segurança do Paciente
Programa Nacional de Segurança do Paciente
Plano Estadual de Segurança do Paciente
12h – Intervalo para o almoço
13h – Retorno às palestras

Parte 3: Núcleo de Segurança do Paciente
Plano de Segurança do Paciente
Protocolos de Segurança do Paciente

Parte 4: Notificação de Incidentes e Eventos Adversos
Barreiras e Desafios para a Implantação de Melhorias
Encerramento – 16h
Palestrante: Maria de Lourdes de Oliveira Moura
Médica, coordenadora de segurança do paciente e gestão de risco da superintendência de vigilância sanitária da SES/RJ


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    É a prática dentro dos hospitais de Resende é outra, são enfermeiros que deixam pacientes cair no chão, médicos que dizem que não estão aqui para prolongar a vida de ninguém, banho frio nos pacientes para fazê-los pegar pneumonia e acelerar a passagem, fica a pergunta. Se médico que acredita que dentro dos hospitais trabalham só com a morte, porque precisamos deles? para aqueles que pensam assim confundem necrotério com hospital, acredito que estão confundindo suas própria profissão com médico legista. Infelizmente teoria não muda a cabeça das pessoas e sim fiscalização intensiva e punição a quem atenta contra a vida, mesmo que negligenciando-a.
    Infelizmente dentro desse país trocamos o juramento de Hipócrates por um juramento hipócrita mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document