sábado, 10 de abril de 2021 - 11:40 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Smac inicia a atualização de cadastro dos trabalhos com a Melhor Idade

Smac inicia a atualização de cadastro dos trabalhos com a Melhor Idade

Matéria publicada em 26 de março de 2021, 09:50 horas

 


Equipes da secretaria estão organizando os dados de participantes dos grupos de convivência e definindo prioridades para atendimento domiciliar

O secretário municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, lembra que, em 2016, Volta Redonda tinha 65 Grupos de Convivência da Melhor Idade, com cerca de seis mil participantes. Foto: Geraldo Gonçalves(PMVR)).

Volta Redonda- A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac), iniciou os preparativos para a retomada dos trabalhos com a Melhor Idade. A coordenação do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, ligado ao Departamento de Atenção Básica da secretaria, mantém contato telefônico com os coordenadores de todos os Grupos de Convivência para atualização de informações sobre os participantes.

O secretário municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, lembra que, em 2016, Volta Redonda tinha 65 Grupos de Convivência da Melhor Idade, com cerca de seis mil participantes. “Falo apenas dos grupos ligado à Smac”, ressaltou, acrescentando que eram 35 CRAS (Centros de Referência da Assistência Social) em funcionamento. “Vamos retomar todo este trabalho, assim que for possível diante da pandemia ”, afirmou.

“Hoje, contamos com 12 CRAS abertos e em abril vamos reabrir, no mínimo, mais 12 e, gradativamente, vamos chegar aos 35 em funcionamento. As unidades abertas passaram por revitalização e algumas serão reformadas antes da reabertura. Estamos preparando os espaços para receber a comunidade com conforto e segurança”, contou Munir.

De acordo com a coordenadora do Departamento de Atenção Básica da Smac, Rosane Marques, a Branca, enquanto as atividades em grupo não são possíveis por conta da pandemia da Covid-19, através de uma atualização de dados dos idosos que pertenciam aos Grupos de Convivência, serão definidas prioridades para o atendimento domiciliar. Os idosos também podem entrar em contato com os CRAS de referência dos grupos ou nos telefones: (24) 3339-9577 ou (24) 3339-2225.

“As visitas serão feitas por equipe multiprofissional composta por assistente social, psicólogo, professor de educação física e gerontólogo. O objetivo é avaliar as condições físicas, psicológicas e sociológicas deste idoso e de sua família diante do isolamento social necessário neste momento de pandemia. Além disso, saber o que esperam do serviço de assistência social do município”, disse Branca.

Ela lembrou que a primeira atividade voltada para os idosos em 2021 foi o Curso de Inclusão Digital para Melhor Idade, presencial, iniciado em março. “As inscrições para as aulas foram feitas em fevereiro e cinco unidades de CRAS oferecem o curso. O primeiro horário, das 8h30 às 9h30, foi reservado para o público da Melhor Idade, com mais de 60 anos. O número de alunos respeita o distanciamento social indicado como prevenção da Covid-19, assim como são respeitadas as normas sanitárias como uso de máscara e álcool 70%”, falou Branca.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document