sábado, 24 de outubro de 2020 - 03:07 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Temporada de festas junina aquece setores do comércio e de serviços em Barra Mansa

Temporada de festas junina aquece setores do comércio e de serviços em Barra Mansa

Matéria publicada em 1 de junho de 2018, 17:43 horas

 


Lojas de aluguel de roupas típicas, de doces e acessórios esperam garantir bons negócios até o mês de agosto

Barra Mansa – A cada ano mais sofisticada e obrigatória entre amigos, familiares e colegas de trabalho, a temporada de festas juninas que acontece no mês de junho, se estendendo até agosto. Com diversos eventos caipiras, o período de promete bons negócios para diferentes setores do comércio e também para prestadores de serviços como, por exemplo, quem trabalha com costura e comidas típicas. Em Barra Mansa, lojas de vendas e aluguel de roupas e acessórios, comidas e bebidas típicas apostam em um saldo positivo para o período. É o que afirma a autônoma Alessandra Pereira, de 37 anos, que trabalha com ornamentação de festas e, nesse período, consegue aumentar em até 20% da renda.

– Já tenho ornamentações fechadas para todos dos finais de semana de junho e junho e posso afirmar que, 70% é com tema junino. Com a correria do dia a dia, as pessoas preferem pagar alguém para ornamentar, mas desde que fique tudo com a cara e o clima da festa junina. É um período de muita diversão, mas também para aumentar a renda – ressalta Adriana, que nesta época do ano também trabalha com doces do  tipo pé de moleque, cocadas, curais, bolos de milho, canjica, entre outros.

A gerente de uma loja de aviamentos, Kezia Mendes, afirma que com a chegada do mês de junho já foi possível sentir a demanda e procura por enfeites de festas juninas. Segundo ela, em função da Copa do Mundo, artigos em verde a amarelo, como as bandeirinhas, por exemplo, estão sendo os mais procurados. “As pessoas estão no clima de festa junina e também de copa e, por isso, acabam comprando nas cores do Brasil”, explicou a gerente, ao ressaltar que, em função das festas de escola e de aniversários, as vendas mais comuns têm sido dos acessórios, roupas e enfeites.

Lojistas de Barra Mansa estão animados com venda de artigos de festas juninas (foto: Paulo Dimas)

“Mas, além desses produtos, também percebemos, nesta época, a maior procura por aviamentos como, por exemplo, a renda. Como muitas pessoas preferem reformar os vestidos, a venda dos várias tipos de renda aumenta em até 20%”, afirmou

A proprietária de uma loja de artigos para festas, Ana Alves, conta que também está otimista com  a chegada do período junino e que, á partir da primeira semana do mês ela poderá ter uma noção de como serão as vendas neste ano. Segundo ela, ainda não é possível calcular se a greve dos caminhoneiros e a atual situação do país irá interferir na procura pelos artigos.

“Só vamos ter esse termômetro nos próximos dias, mas acredito que esse fator não vai atrapalhar porque já temos muitos clientes comprando ou pesquisando preços. Como é um período longo de comemorações, que vai até o final de agosto, eu espero que todos os segmentos consigam fazer bons negócios, seja com comidas, bebidas, decoração, entre outros”, disse a comerciante.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Depois de tudo, o povo ainda pensa em festa junina ? Será ?

Untitled Document