domingo, 29 de março de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Terceira edição do ‘Tempo de Brincar’ acontece neste domingo no Surubi Velho

Terceira edição do ‘Tempo de Brincar’ acontece neste domingo no Surubi Velho

Matéria publicada em 8 de agosto de 2019, 18:58 horas

 


Brincadeiras da infância são resgatadas no projeto com as crianças
(Foto: Carina Rocha- Secom PMR)

Resende- O projeto “Tempo de Brincar” chega a sua terceira edição neste domingo (11). A prefeitura levará atividades infantis de tempos passados para a Praça São Pedro, no bairro Surubi Velho, entre 9h e 13h. O evento, que seria realizado anteriormente no último dia 4 precisou ser adiado pelo mau tempo, mas acontecerá neste final de semana, unindo gerações com diversas atrações. De acordo com a organização do “Tempo de Brincar”, o objetivo do projeto é resgatar brincadeiras da infância de tempos antigos, proporcionando o desenvolvimento de habilidades sociais, motora e física, além da linguagem diferenciada e novas perspectivas. Outro valor agregado às tradicionais ações recreativas é a interações entre pais e filhos.
O projeto foi realizado pela primeira vez, no dia 26 de maio, no bairro Jardim Aliança II. A segunda edição aconteceu no dia 7 de julho, durante o evento “Mega Domingo de Compras”, no bairro Campos Elíseos. Nesta edição, o cronograma inclui as seguintes brincadeiras: queimada; pique-bandeira; taco; cabo de guerra; corrida de saco; ovo na colher; dança das cadeiras; coelhinho sai da toca; estátua; vivo e morto; amarelinha; peteca; bambolê; pião; pula elástico; pula corda; e bolha de sabão, entre outras.
Uma das responsáveis pela organização do “Tempo de Brincar”, Luzia Diniz, explica como o projeto foi idealizado, lembrando que os diversos atrativos pretendem reunir pessoas de todas as idades.
– O encontro entre gerações visa recuperar a identidade cultural de determinadas épocas no universo infantil. As brincadeiras são compartilhadas entre adultos e crianças, oferecendo novas experiências e conhecimento. É uma maneira da nova geração sair um pouco do mundo da tecnologia, largando o vício do celular, por exemplo. O projeto dá a oportunidade da interação com os pais ou responsáveis, além do benefício à saúde de brincar ao ar livre e pegar um sol. As crianças e os adolescentes também desenvolvem diversas habilidades cognitivas e motoras – destacou.
Os jogos selecionados são promovidos com a colaboração de cerca de 20 voluntários, que coordenam e estimulam a participação coletiva. A estrutura do evento conta com som, banheiros químicos e guardas civis municipais para a orientação do trânsito e maior segurança.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document