quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Terceira idade se cuida muito além dos exercícios e da boa alimentação

Terceira idade se cuida muito além dos exercícios e da boa alimentação

Matéria publicada em 29 de setembro de 2019, 13:00 horas

 


Exercícios, alimentação saudável e tratamento estético
(Foto: Divulgação)

Volta Redonda- Com uma população de brasileiros na terceira idade em cerca de 23,5 milhões de pessoas, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o país celebrará na próxima terça feira, dia 1º de outubro, o Dia Internacional do Idoso. Muito se fala da necessidade de envelhecer com saúde, comendo bem e praticando exercícios. No entanto, é bom que todos saibam que tem muita gente buscando envelhecer com beleza também.

De acordo com a dermatologista Christiane Roma, nos últimos anos a sua clínica de estética tem registrado um aumento de idosos na procura por procedimentos estéticos. Segundo ela, os mais procurados por esta faixa etária são os tratamentos com Laser para rejuvenescimento da pele, como o clareamento de manchas no rosto e nas mãos; tratamento com Botox para suavizar rugas da face; preenchimentos com Ácido Hialurônico para suavizar as rugas e marcas da idade; injeção de bioestimuladores para estimular a produção de colágeno; Skinbooster (Ácido hialurônico) para hidratação profunda da pele.
– Acredito que este aumento na busca por procedimentos estéticos acontece porque eles estão vivendo mais e a tem mais qualidade de vida. Diante disso, eles pensam em se cuidar, ficar com uma aparência melhor e mais bonita – destaca.

Segundo a dermatologista, entre os principais benefícios que os procedimentos estéticos está a melhora na autoestima. “Eles ficam muito felizes quando veem as suas rugas suavizadas e a pele com mais brilho. É muito interessante e gratificante para eles, porque realmente eles gostam e curtem bastante o resultado obtido”, destaca.
A médica acredita que hoje em dia as pessoas consideradas idosas estão preocupadas em se cuidar mais e estão em plena atividade, seja social ou até mesmo no mercado de trabalho. “Este tipo de público está mudando o seu perfil e buscam mais frequentar uma clínica dermatológica para cuidar da estética. São pessoas cada vez mais ativas”, afirmou.

A fisioterapeuta e dermatofuncional Helenice Anibal, proprietária de um espaço de estética facial e corporal no Aterrado, confirma que 35% dos seus clientes estão na faixa acima dos 60 anos. Segundo ela, este tipo de público mudou o perfil na maneira de se cuidar e sua presença vem crescendo a cada ano.
– No caso dos idosos, a procura maior é pelo serviço para amenizar a flacidez facial e corporal, da pele do rosto e do corpo. Outra procura pelos clientes mais velhos é pelo procedimento de rejuvenescimento facial, correspondendo a 50% dos serviços para pessoas idosas. Os outros 50% é para o tratamento da flacidez. Os idosos também procuram serviços para relaxamento com massagem relaxante, com pedras quentes e shiatsu – esclarece.

Segundo Helenice, este tipo de público é relativamente novo devido ao aumento da expectativa de vida dos brasileiros. “Os idosos de hoje não tinham a cultura de prevenção e hoje eles estão mais preocupados em cuidar dos sinais do tempo que já aparecem e prevenir o aparecimento de outros. Hoje estes idosos tem acesso à informação e querem se cuidar, pois estão mais conscientes”, diz.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document