quinta-feira, 20 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / UniFOA treina funcionários para combate a incêndio

UniFOA treina funcionários para combate a incêndio

Matéria publicada em 15 de agosto de 2018, 10:23 horas

 


Trabalhadores da universidade realizam treinamento para combate e socorro em incêndio. (crédito Divulgação)

Volta Redonda – Em caso de incêndio o uso de equipamentos necessários e as manobras adequadas de primeiros socorro são fundamentais para garantir a vida das pessoas. E pensando nisso a Divisão de Engenharia do UniFOA treinou funcionários do curso de medicina em ações de combate a incêndio. A experiência, dividida entre teórica e prática, foi realizada no campus Olezio Galotti.

Essa foi a primeira edição do treinamento, a intenção é de que  experiência chegue aos demais setores em próximas capacitações.  A secretária do curso de Medicina, Simone Prado, selecionou alguns colaboradores, entre eles, técnicos, outros secretários e membros da prefeitura para participarem das atividades.

O bombeiro civil, Cláudio Marques, que trabalha na instituição irá promover futuros treinamentos, avalia de forma positiva a iniciativa da FOA. “Os colaboradores nos surpreenderam mostrando que já tinham um conhecimento básico das noções de primeiros socorros e combate a incêndio. O treinamento para brigada de incêndio, ou seja, ter funcionários treinados para prevenir e combater incêndio é essencial para qualquer empresa que se preocupa com a segurança e o bem-estar de todos”, destacou.

Alunos do curso da Medicina também se interessaram pelo treinamento e questionaram se futuramente poderão participar. “Haverá um momento específico para começarmos a promover o curso também aos alunos”, adiantou Juliano Costa, que acompanhou o treinamento e trabalha na Divisão de Engenharia.

A secretaria, Laís Almeida, foi uma das participantes e caracterizou o curso como muito proveitoso.  “Conhecia o básico, mas agora sabendo a maneira correta de agir numa situação dessa, me sinto apta para colaborar e até mesmo salvar uma vida”, finalizou.

Untitled Document