>
quarta-feira, 6 de julho de 2022 - 19:57 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / UPA de Barra Mansa realiza ‘sala de espera Outubro Rosa’

UPA de Barra Mansa realiza ‘sala de espera Outubro Rosa’

Matéria publicada em 15 de outubro de 2015, 20:49 horas

 


Enquanto aguardam atendimento, pacientes são orientados sobre prevenção ao câncer de mama e de colo de útero (foto: PMBM)

Enquanto aguardam atendimento, pacientes são orientados sobre prevenção ao câncer de mama e de colo de útero (foto: PMBM)

Barra Mansa –  O mês de outubro é dedicado, internacionalmente, às iniciativas de conscientização e a divulgação de informações sobre o câncer de mama, por meio da campanha conhecida como Outubro Rosa. Em Barra Mansa, para reforçar ainda mais a ação, estagiárias do curso técnico de enfermagem realizam até esta sexta-feira, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), a ‘sala de espera Outubro Rosa’.

A abordagem tem como principal foco conscientizar a população sobre a importância da realização anual do exame Papanicolau (preventivo de colo de útero) e o autoexame das mamas. Segundo a supervisora de estágio da UPA e enfermeira da Cruz Vermelha, Priscila Gomes Carvalho, as orientações são transmitidas enquanto os pacientes aguardam pelo atendimento médico.

– Explicamos de maneira objetiva a respeito da coleta de material para o exame citopatológico, os testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites, as solicitações de mamografias e a vacinação contra o HPV, principal responsável pelo câncer do colo de útero – detalhou Priscila.

Ainda de acordo com a supervisora, as UBS (Unidades Básicas de Saúde) do município estão preparadas para atender a demanda dos exames preventivos.

– Temos enfermeiras capacitadas para fazer a coleta do material citopalógico, assim como o exame clínico da mama. O prazo para o resultado do preventivo é de um mês. Durante o exame da mama, se for verificado alguma anormalidade a paciente é encaminhada, em caráter de urgência, para a realização da mamografia – informou.

O Conselho Nacional de Saúde preconiza a realização anual da mamografia em mulheres na faixa etária a partir dos 40 anos de idade, já o preventivo de colo de útero a partir dos 25 anos. A vacinação contra o HPV deve ser realizada em três doses, em meninas a partir dos nove anos. No Brasil, a cada ano, surgem 15 mil novos casos de câncer de colo de útero e 5 mil mulheres morrem acometidas pela doença. Em Barra Mansa, segundo a secretaria de Saúde, 24 mulheres estão em tratamento. Para evitar novos casos de câncer de colo de útero em médio prazo, a vacina contra o HPV é a principal forma de prevenção, por isso é importante que toda a menina de 9 a 13 anos receba as três doses da vacina, que é segura e gratuita.

 Sintomas dos cânceres de mama e colo do útero

Mulheres com lesões pré-cancerosas ou com câncer de colo do útero em estágio inicial geralmente não apresentam sintomas. Muitas vezes, eles não começam até que a doença se torne invasiva, quando aparecem sangramento vaginal anormal, sangramento menstrual mais longo que o habitual, secreção vaginal incomum, com um pouco de sangue, sangramento após a menopausa e sangramento após a relação sexual.

Já os sintomas do câncer de mama palpável são o nódulo ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor mamária. Podem surgir alterações na pele que recobrem a mama, como abaulamentos ou retrações ou um aspecto semelhante a casca de uma laranja. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.

Em ambos os casos, é preciso estar atento aos fatores de risco e de proteção. Atitudes simples, como manter uma alimentação saudável e peso adequados, ajudam na prevenção dos dois tipos da doença. A hereditariedade também é um fator que influencia no aparecimento do câncer. Cerca de 10% dos casos da doença são ocasionados por uma mutação genética hereditária. A advogada Jaqueline da Silva Santorino aprovou a ‘sala de espera Outubro Rosa’ e garantiu: “Eu e minha filha, de 15 anos, estamos com os exames em dia”.

 Passeio Ciclístico

Os eventos em alusão ao Outubro Rosa continuam amanhã com atividades no Hospital da Mulher e a realização de um passeio ciclístico que vai percorrer os bairros Boa Sorte, Barbará, Ano Bom e Centro. Os eventos visam chamar a atenção das mulheres para a prevenção, em especial para a prática do autoexame e da visita regular ao ginecologista.

A largada do passeio ciclístico está marcada para as 8h, na Rua Major Luiz Alves, próximo a Igreja Católica do bairro Boa Sorte. Os ciclistas vão seguir em direção a Praça da Matriz, onde será montada uma tenda com uma equipe da secretária municipal de Saúde.

Quem estiver interessado em participar deve entrar em contato com o Espaço Bike pela página do Facebook ou pelo telefone: (24) 3323-9464. Os primeiros 150 inscritos vão ganhar uma camisa em alusão ao evento, que serão entregues na hora da largada.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document