quinta-feira, 2 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Vacinação do gado contra a febre aftosa segue até dia 30 de maio

Vacinação do gado contra a febre aftosa segue até dia 30 de maio

Matéria publicada em 26 de maio de 2020, 11:50 horas

 


A vacinação é obrigatória e a falta da imunização acarreta no impedimento de comercialização do gado e dos produtos derivados do rebanho, principalmente, leite e carne

Quatis – A prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, alerta os produtores do município de que a campanha  de vacinação contra a febre aftosa no rebanho bovino e bubalino (búfalos) segue até o dia 31 de maio. A vacinação é obrigatória e os produtores que não apresentarem o certificado de vacinação às autoridades sanitárias do Município poderão ser impedidos de comercializar o gado e os produtos derivados do rebanho, principalmente, leite e carne.

O diretor de Agricultura da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, Rogério de Abreu Torres, salienta que os próprios produtores rurais são responsáveis pela imunização dos seus respectivos animais.

– Nesta etapa, todos os animais, independente da idade, deverão ser vacinados. As doses de vacinas devem ser adquiridas em estabelecimentos comerciais da cidade e da região, credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – explica o diretor.

Após imunizar os animais, os produtores devem apresentar o certificado de  “Declaração de Vacinação e Atualização de Cadastro”, na Secretaria de Desenvolvimento Rural do Município, que funciona no primeiro andar do prédio da Prefeitura de Quatis, de segunda a sexta-feira. Nesse período de pandemia do Covid-19, a Secretaria está realizando o atendimento em horário reduzido, de 10 às 14 horas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3353-6282.

Atualmente, segundo dados da Secretaria de Desenvolvimento Rural da Prefeitura de Quatis, o rebanho bovino é formado em Quatis por cerca de 22 mil animais. Já a produção diária de leite se encontra calculada em aproximadamente 30 mil litros.

A doença

A febre aftosa pode levar o animal à morte, e o único caminho para evitá-la é mesmo a aplicação da vacina, que deve ocorrer nas proximidades do pescoço do animal. Os sintomas principais da doença no gado são febre; aftas na boca, tetas e entre as unhas. Os animais que tiverem contraído a doença normalmente também se isolam, babam muito, arrepiam demasiadamente o pelo, param de se alimentar e enfraquecem, entre outras consequências.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    avisem o gado que votou 17 para se vacinarem

  2. Avatar

    Você que digitou 17, favor se apresentar ao posto de saúde mais próximo

  3. Avatar

    Lembrando aos eleitores do Bozo que não percam a vacinação.

Untitled Document