domingo, 23 de janeiro de 2022 - 07:18 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Volta Redonda também poderá ter um Santo da Igreja Católica

Volta Redonda também poderá ter um Santo da Igreja Católica

Matéria publicada em 8 de julho de 2019, 15:28 horas

 


Testemunhos são numerosos sobre seguimentos do Evangelho na vida de Guido.
Foto:  Reprodução

Volta Redonda- Na manhã da última segunda feira (1º), foi anunciado pelo Papa Francisco que a canonização da de Irmã Dulce pelo no Vaticano se dará em outubro deste ano. O fato foi muito bem visto pelos católicos brasileiros e encheu de esperanças os fiéis de Volta Redonda, que rezam e torcem para que o destino guarde o mesmo desfecho para o processo do seminarista Guido Schäffer.

Ainda desconhecido de muita gente, Guido foi um médico, seminarista e surfista, que morreu de forma trágica, no mar, há dez anos, aos 34 anos de idade. E que poderá ser tornar o primeiro santo da Igreja Católica do estado do Rio, justamente nascido em Volta Redonda.

Seu processo de canonização foi aberto em 2015 no Vaticano. Embora não tenha prazo para ser concluído, caminha a passos animadores. Para o Padre Vanderley Alves de Oliveira, da Paróquia Santa Cecília, Guido era um apaixonado pela Igreja e possuía um jeito especial de atrair os outros jovens para a vida cristã.

– Sei também que ele possuía uma excelente oratória e por isso se desenvolveu muito na pregação. Era um pregador e sua vida era devotada aos grupos de oração de sua paróquia. Acredito que sua sede de santidade começou a crescer nesse período e com sua chamada à vocação sacerdotal tudo foi se aflorando – diz.
Segundo Vanderley, os testemunhos são numerosos sobre os seguimentos do Evangelho e no serviço aos demais, aos próximos. Em relação à abertura do processo de canonização pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, que segundo as normas da Igreja tem várias etapas, o padre ressaltou que se tornou um clamor de quem conheceu Guido.

Atualmente, o seminarista já é reconhecido como um “Servo de Deus”, um dos primeiros títulos dentro do processo de canonização. Depois, ele deverá se tornar Venerável e Beato até chegar a Santo. Trata-se de um processo lento e bastante minucioso.

– Nós, povo de Volta Redonda, nos alegramos porque ele nasceu aqui. E a Paróquia Santa Cecília se alegra igualmente porque o Guido foi batizado aqui da Vila. A Pia Batismal na qual ele recebeu o Sacramento do Batismo encontra-se em nossa Igreja Matriz de Santa Cecília e é onde realizamos os batizados todos os meses. Pedimos a Deus, por intercessão do Servo de Deus Guido Schaffer, que outros batizados possam, como ele, apaixonar-se por Jesus Cristo e crescerem em santidade. Crescerem em graça diante de Deus – declara o pároco da igreja da Vila.

O bispo diocesano dom Luiz Henrique da Silva Brito afirmou que é com grande alegria que todos estão acompanhando o processo de beatificação do jovem seminarista Guido. “Ainda mais agora, como bispo diocesano de Barra do Piraí – Volta Redonda, pelo fato dele ter nascido e batizado em nossa cidade de Volta Redonda e onde sua vida nova em Cristo, pelo batismo, iniciou aqui”, disse.

Segundo dom Henrique, Guido foi um jovem médico, dedicado aos pobres enfermos na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e que foi chamado ao sacerdócio. Sua vida, afirma o bispo, certamente inspirará muitos outros que sentem “o irresistível chamado de Deus” para servir o seu povo. “Que seu testemunho de amor aos necessitados, sua acolhida firme e obediente ao chamado divino, possam tocar profundamente outros jovens para a evangelização e solidariedade com os pobres”.

O bispo ressaltou que existem bons exemplos de jovens que se tornaram santos na história da Igreja. “Acredito que o fato de ele ser jovem e seminarista não serão obstáculo para a canonização, pois na história da Igreja já temos belíssimos exemplos de jovens Santos, como foi o caso de São Luís Gonzaga: um jovem seminarista que gastou sua vida ajudando os enfermos”, disse o bispo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Minha Religião é a biblia

    Santo, Santo, Santo é o Senhor Teu Deus. Só digo isso!

  2. O que mais me alegra é a intolerância dos evangélicos com outras religiões.. Essa ignorância impede o crescimento da religião deles. Santos foram pessoas que existiram e fizeram a diferença no lugar que viviam fazendo curas verdadeiras e comprovadas por médicos, caridade e provando o seu amor ao próximo por intermédio de Deus. Melhor ter Santo que falsos pastores enganadores de trouxas. Salvo raríssimas excessões de verdadeiros pastores e que merecem meu respeito.

    • VOCE ESTA DESATUALIZADO DOS ULTIMOS SENSOS DO IBGE? A IREJA CATOLICA ESTA MINGUANDO A CADA DIA. EVANGELICOS, JUDEUS E MULÇUMANOS SABEM QUE ADORAR IMAGEM DE ESCULTURA É ERRADO, SÓ OS CATOLICOS NAO APRENDERAM ISTO!!!

  3. Quem disse em idolatria? Vai ler mais a Bíblia e aprender com Deus, pois pelo visto você ainda tem muito a aprender, todos nós temos, mas você acabou de dar uma clara demonstração que o seu caminho de aprendizado e vivência em Deus ainda vai ser longo, vir destilar seu achismo na internet não vai adiantar em nada, vá colocar em prática os mandamentos de Deus, vá amar o próximo, assim você ganha mais.

  4. Idolatria pecado , coisa horrível fere os mandamentos de Deus , êxodo 20: 1 e 2. Povo idólatra por isso tanta coisa ruim nesse país, Só Deus merece toda honra e toda glória , só devemos nos prostrar diante de Deus , até quando isso vai perdurar, ????

    • E ficar babando o saco desses pastores gananciosos de vocês… tá certo! Larga de ser ignorante… vá aprender sobre outras religiões e deixe de ser papagaio de pirata!

  5. capeta da grota do santa cruz

    santo de casa nao faz milagre

  6. Que bacana! Lindíssima a história desse provável santo.

Untitled Document