Voluntários iniciarão aulas de reforço escolar no Água Limpa, em Volta Redonda - Diário do Vale
quarta-feira, 22 de setembro de 2021 - 12:25 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Voluntários iniciarão aulas de reforço escolar no Água Limpa, em Volta Redonda

Voluntários iniciarão aulas de reforço escolar no Água Limpa, em Volta Redonda

Matéria publicada em 1 de setembro de 2017, 11:23 horas

 


Outra iniciativa do projeto será oferecer aulas como preparação para concursos públicos

projeto social materia lilian

Atividades acontecem no espaço da Igreja Wesleyana
(Foto: Divulgação)

Volta Redonda- Um grupo de voluntário da Igreja Wesleyana, no bairro Água Limpa, dará início no próximo sábado, dia 9, a um projeto de reforço escolar para crianças, jovens e adultos. A iniciativa já conta com 20 inscritos, que participarão das aulas durante o período da manhã.

Além do reforço escolar, os voluntários terão foco no projeto de Alfabetização de Adultos e Crianças. O grupo, formada por cinco pessoas, contou que a iniciativa partiu após eles detectarem dificuldades de moradores e membros da igreja em participar dos estudos bíblicos, por não saberem ler ou escrever. Um dos coordenadores do projeto, Halisson Silva Vitorino, disse que começou a perceber esses casos, gradativamente e, estes exemplos, motivaram a criação do projeto, que ainda não recebeu um nome oficial.

– A gente percebia que os membros da igreja eram atuantes, mas no estudo bíblico tinham dificuldades para participar, foi quando detectamos que as pessoas não sabiam ler ou escrever – ressaltou Halisson.

Outra iniciativa do projeto será oferecer aulas como preparação para concursos públicos, com aulas de matemática, português e noções de legislação. A inclusão do curso foi por conta do apelo dos moradores do bairro, que segundo Halisson, demonstraram ter vontade de prestar concurso público, mas se consideram em desvantagem por não poderem pagar por um curso preparatório particular.

Alunos que tiverem dificuldades para aprendizagem em matemática e português também poderão frequentar estas aulas, regularmente. Outra boa notícia do projeto é o curso básico de inglês. A inclusão dessa matéria foi outro apelo da comunidade que se queixa das dificuldades para ingressar no mercado de trabalho ou realizar provas como o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) pelo não domínio do idioma.

Halisson contou ainda que outro motivação do projeto é garantir a manutenção dos alunos em salas de aulas e incentivar crianças e adolescentes a continuarem seus estudos. A maioria, segundo ele, abandona a escola por não conseguir acompanhar as aulas e acabam perdendo a motivação para os estudos.

E a motivação será, inclusive, uma das metas do projeto. Os voluntários pretendem utilizar dinâmicas, onde alunos fiquem atentos às aulas, frequentando regularmente o curso.

– Não vamos exigir nada além das possibilidades de cada um, pelo contrário, vamos avaliar e caminhar junto com eles, buscando sanar as dificuldades de cada um – concluiu Halisson, lembrando que as aulas acontecem aos sábados das 9h às 12h30.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

10 comentários

  1. Pq os tais não servem a Cristo nosso Senhor, mas ao seu ventre, e com palavras suaves e lisinha e enganam os corações dos inocentes.

    Romanos 16:18

  2. Incrível como tudo é feito visando algo em troca, ninguém percebe a jogada politica que está sendo feita?
    Pior é que depois vão dizer: isso é o inimigo tentando te parar, te oprimir. Vergonha na cara ninguém tem né?

  3. Leitora Assídua do Diário do Vale

    Parabéns pela iniciativa. Gostaria de saber se sendo católica posso participar de um projeto destes sou professora de matemática e uma vez cogitei a possibilidade de uma sala ou um local para dar aulas de matemática e alfabetização de adultos mas não tive resposta sou professora por vocação a algum tempo fora da área porque ainda não tive oportunidade para realizar o meu ideal. Mesmo que o pastor Halisson estiver fazendo isto para conseguir tendo oportunidade disponibilizarei um dia de meu trabalho para isto, obrigada e conte comigo na realização deste projeto. Se não puder participar agradeço do mesmo jeito e sucesso neste projeto.

  4. Capitalista com celular de cartão

    …sábado, dia 9, “começa” as aulas de reforço…

    O estagiário precisa de reforço de Português, concordância de número.

  5. Se as pessoas fossem olhar somente para as críticas, elas realmente parariam no tempo.
    O que será que o cidadão do comentário abaixo (Piada né) está fazendo para mudar o mundo?
    Parabéns Hálison Vitorino pela iniciativa!

  6. Se as pessoas fossem olhar somente para as críticas, elas realmente parariam no tempo.
    O que será que o cidadão do comentário acima (Piada né) está fazendo para mudar o mundo?
    Parabéns Hálison Vitorino pela iniciativa!

  7. Faz o projeto em nome de Deus mais tem que publicar no jornal ,isso é marketing

  8. Usando a igreja para se promover , a ideia é boa mais sabemos muito bem o motivo , já usou a igreja uma vez e agora está usando pessoas de bom coração também que te conhece sabe do que estou falando , estamos de olho

  9. Já começou a fazer campanha politica. Este rapaz disputou eleição de vereador em Volta Redonda, as pessoas só fazem as coisas pensando em ter lucros e ainda usam a estrutura da igreja pra isso

    • Se as pessoas fossem olhar somente para as críticas, elas realmente parariam no tempo.
      O que será que o cidadão do comentário acima (Piada né) está fazendo para mudar o mundo?
      Parabéns Hálison Vitorino pela iniciativa!

Untitled Document