VR: Patrulha do Idoso inicia ciclo de apresentações em escolas

Serviço pioneiro atua no combate a situações de violência, além de levar informações à sociedade sobre os direitos da Melhor Idade

by Agatha Amorim

Foto: Semop/PMVR

Volta Redonda – A Patrulha de Proteção ao Idoso de Volta Redonda, ligada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), deu início nesta quarta-feira (8) a um ciclo de apresentações em escolas. O Colégio Garra, no bairro Aterrado, foi a primeira unidade de ensino a receber o serviço especializado. A Patrulha atua no combate a situações de violência contra os idosos, além de levar informações à sociedade sobre os direitos desta parcela da população, com a entrega de exemplares do Estatuto do Idoso e explicações sobre a legislação em vigor.

Através da Patrulha do Idoso as vítimas são atendidas e recebem o apoio de diversos órgãos, como o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas); dos Cras (Centro de Referência de Assistência Social); da Guarda Municipal (GMVR); e da Polícia Civil, por meio do Núcleo de Atendimento ao Idoso (NUAI). O projeto também conta com apoio da Smac (Secretaria Municipal de Ação Comunitária) e da Smel (Secretaria Municipal de Esporte e Lazer).

 

Reconhecendo situações de violência

Além das explicações sobre como é a atuação da patrulha, os estudantes do 5º ao 9º ano, com idades entre dez e 15 anos, puderam assistir a uma apresentação teatral com situações que simulavam os tipos de violência que podem acometer os idosos.

“A ação da patrulha é necessária, porque às vezes os idosos sofrem violências. Se visse alguma situação dessas, hoje, eu acionaria a patrulha”, disse Felipe Rodrigues Fajardo, de 13 anos.

“Achei bem legal essa conscientização sobre a importância do idoso na sociedade, até para os adolescentes. É como eles disseram: ‘Hoje nós somos adolescentes, mas amanhã seremos os novos idosos’”, comentou Ana Paula Oliveira Silva, de 14 anos.

O mantenedor do Colégio Garra, Luiz Nunes, agradeceu a visita e parabenizou o projeto. “Agradecemos e parabenizamos essa iniciativa. É uma honra muito grande ser a primeira escola a receber o projeto, porque a gente pensa que educação é imprescindível para a segurança da cidade. Tratar do tema na escola é a melhor maneira”, afirmou.

O secretário municipal de Ordem Pública, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, destacou a importância da Patrulha do Idoso na garantia da qualidade de vida das pessoas com 60 anos ou mais, iniciativa pioneira no país e criada em junho do ano passado no município.

“Hoje, nós demos início à capacitação dos jovens e atendendo, inclusive, à solicitação dos idosos, que sempre reforçam e pedem para que a capacitação seja feita com os mais novos. Pretendemos que todos os moradores de Volta Redonda sejam capacitados para reconhecer uma situação de violência e procurem a ajuda necessária através da Patrulha de Proteção ao Idoso. Os mais jovens surgem como multiplicadores dessas informações e de boas práticas. A melhor solução para acabar com a violência contra os idosos é a prevenção”, afirmou Luiz Henrique.

Além do secretário de Ordem Pública, também participaram da visita as coordenadoras da Patrulha do Idoso e do projeto Advogado Social da Smac, Elizabete Teixeira e Adriele Gama, respectivamente; o inspetor da GMVR, Gilson do Carmo; os guardas Ana Lúcia e Nunes, que atuam na patrulha; e o psicólogo Victor Sobral.

 

Como denunciar abusos

Quem tiver conhecimento de abuso contra idosos basta procurar a Patrulha do Idoso através do Nuai, do Creas/Cras, Smel, Semop e pelo número 153 (GMVR).

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996