sábado, 22 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / Atenção à tosse do seu cão

Atenção à tosse do seu cão

Matéria publicada em 12 de novembro de 2016, 07:00 horas

 


Tosse em cães pode ser sintoma de doenças graves e que necessita de tratamento imediato

wp-coluna-animal-glayce-cassaro-pereira

É muito comum, ao ouvir um cão tossir, o dono pensar que é algo comum e inofensivo, mas nem sempre significa isso. A tosse em cães pode ser sintoma de doenças graves e que necessita de tratamento imediato.

A tosse é um sintoma que está presente em diversas patologias e pode se manifestar em dois sistemas distintos, o respiratório e o cardiovascular.

A causa da tosse é variada, podendo ser causada por bactérias, fungos, vírus, corpo estranho, deficiência cardíaca, idade, fatores predisponentes (na raça Yorkshire terrier é comum ter colapso de traqueia), entre outros.

A tosse nada mais é que um reflexo instintivo ou um mecanismo de defesa do corpo, para expulsar substâncias estranhas que podem causar irritação das vias respiratórias. Quando há a presença de partícula estranha e irritante no trato respiratório, o corpo cria todo um mecanismo para causar a expulsão de ar dos pulmões em alta velocidade, fazendo com que esse ar forçado limpe essas partículas.

Muitas das vezes essa tosse pode não ser nada de mais, mas uma tosse persistente pode está relacionada a alguma doença respiratória e até mesmo cardíaca.

O tipo de tosse que o animal apresenta pode indicar qual doença ele pode estar apresentando. Vejamos:

– tosse com produção de muco pode ser sugestivo de irritação das vias aéreas ou doença brônquica não complicada;

– tosse noturna geralmente está associada a doença cardíaca;

– tosse decorrente de excitação pode ser uma doença traqueal;

– tosse alta e aguda, geralmente significa alguma doença na traqueia e nos brônquios; já a tosse curta pode ser sinal de fluídos nos pulmões (edema);

– tosse induzida por exercícios pode ser sinal de bronquite crônica;

– tosse não produtiva pode estar associada a doenças alérgicas do pulmão ou doenças cardíacas prematuras;

Como a tosse é um sintoma bem complexo e inespecífico, que está presente em diversas patologias, ela precisa ser associada ao histórico e a exames clínicos e laboratoriais completos para um diagnóstico preciso, daí a importância de uma avaliação de um médico veterinário.

A primeira coisa que o médico veterinário irá fazer é determinar se o paciente está realmente tossindo ou se o proprietário não está relatando engasgos, sufocação ou vômitos. Há casos bem comuns onde a tosse apresentada pelo animal, está sendo estimulada pela compressão da coleira no pescoço do animal; e para esclarecer tal dúvida, o médico veterinário deve induzir o reflexo de tosse pela compressão da traqueia na entrada torácica, e saber do proprietário se é este o som que ele ouve. Outra situação também comum é a tosse por comportamento condicionado, onde os cães “aprendem” que tossindo, conseguem atrair a atenção do proprietário.

Uma consideração importante é saber diferenciar o vômito de uma tosse produtiva. Na tosse produtiva, algo é expelido como, por exemplo, saliva, pus ou sangue. Já o vômito contém fluidos do estômago e a bili. A tosse produtiva é quase sempre associada com um processo infeccioso (bactérias, vírus ou fungos).

De modo geral se seu cão ou gato tem tossido por mais de cinco dias, ele deve ser avaliado por um médico veterinário. No entanto se seu animal tem tosse e evidentemente está bastante doente, procure auxílio veterinário urgente.

Não vai querer que seu amigo corra algum risco não é?

 

Procuro um lar

Essa é a Pretinha, uma cadelinha de seis anos, castrada e vacinada, muito dócil e brincalhona. Ela está a procura de um lar.

foto-1

Cantinho do leitor

Esse é o Elvis o amigo fiel e inseparável de uma pessoa muito especial, o João Phylip

foto-2 foto-3

 

Quer ver o seu bichinho de estimação aqui também? Basta enviar uma foto dele para o e-mail (glayce.cassaro@diariodovale.com.br). Sugestões e dúvidas também são bem vindas.

 

GLAYCE CASSARO PEREIRA | glayce.cassaro@diariodovale.com.br

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document